sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Segredo.17.14


12 comentários:

  1. N concordo com isso, por muita dificuldade q se passe, nunca se devem perder os princípios... n creio q os meus filhos, gostassem de saber q a própria mae se "vendeu" ou lá o q fizeste por causa duma vida melhor...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eles não precisam de saber.
      De qualquer maneira, é a mãe que sabe o melhor a fazer, não os filhos.

      Eliminar
    2. Concordo com o anónimo das 14h05.
      Os fins não justificam os meios!!
      Tem que se ter valores e princìpios senão que vamos nós ensinar aos filhos!
      Desde que tenham o minimo vital e amor é o mais importante

      Eliminar
    3. Ninguém sabe do que é que o autor/a se está a referir, mas desde que não tenha magoado ninguém com as suas atitudes está tudo bem.
      Ela é adulta para saber as consequências dos seus actos.

      Eliminar
  2. E é assim que tem de ser.
    Todos as mães e pais deviam ser assim também.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahah
      Não.
      Não deixamos de ser nós porque temos filhos. Temos que dar o melhor de nós mesmos para que eles tenham o necessário. Mas NUNCA se deve se vender só para dar mais aos filhos. Nem fazer tudo e mais alguma coisa por eles. Os pais que se sacrificam ao máximo pelos filhos 18 anos mais tarde morrem por dentro e já não existem

      Eliminar
  3. esperemos que eles te agradeçam o "sacríficio"...

    ResponderEliminar
  4. calma, tudo tudo, mas tem atenção á tua dignidade!

    ResponderEliminar
  5. tudo tem um Limite, estou plenamente de acordo com o anónimo das 15,53 e o das 14.05h.

    ResponderEliminar
  6. Se calhar o melhor para os teus filhos nao é ter as coisas mais caras, mas sim aprender desde cedo o valor do trabalho/estudo e serem preparados para se tornarem jovens e adultos capazes de se sustentar a si próprios. Alguns pais até podem dar "tudo", mas e se um dia os pais faltam ou perdem o emprego, como é? Em vez de querer dar o melhor peixe, ensine a pescar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O pior é quando a situação nem permite dar o essencial...
      Aí sim é que elas mordem.

      Eliminar
    2. Felizmente em Portugal o mínimo essencial é dado mesmo para os mais desfavorecidos. Por isso não há desculpas

      Eliminar