sexta-feira, 10 de março de 2017

Segredo.10.17


10 comentários:

  1. Para mim, é muito mais horrível a sensação de não estar a ser honesta ou justa. Custa, mas depois é um alívio.

    ResponderEliminar
  2. Não faças isso!! Já pensaste no que podes vir a perder? Só por negares o que tu sentes de verdade...

    ResponderEliminar
  3. Este segredo tem tanto que se lhe diga... Mas pensa: para que te serve a paixão?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para que serve a paixão, ainda pergunta?A mim aconteceu-me o mesmo, terminei. Teria uma vida muito boa e desafogada que me faz muita falta mas o toque dele começou a incomodar-me, depois deixei de ter motivação para me divertir, achava tudo uma seca. Tive que terminar pq os meus olhos já não brilhavam perante ele e a vida! Foi o melhor que fiz, estou sozinha mas estou em paz!
      Se não se sente bem, termine. Não se sinta culpada e siga a sua vida!
      Como é que vai estar na cama com um homem se já não sente tesão? Por pena, por comodismo? Não sente nojo?

      Eliminar
    2. Uma coisa é falta de amor, de carinho e de amizade. Outra completamente diferente é falta de paixão! Ai ai ai os julgamentos precipitados. A paixão desvanece com o tempo, é efémera. O amor perdura, suporta. Mau é quando os relacionamentos se baseiam em paixão. O que lhe aconteceu foi deixar de gostar, ou então só esteve apaixonada e nunca gostou Não falei de vidas desafogadas nem de materialismo. Falei de que a paixão não serve para nada quando comparada com um sentimento maior que é o amor.

      Eliminar
    3. O mal é achar que o amor não é sinónimo de paixão.
      se para si as paixões são efêmeras então volte para casa dos pais, ao fim ao cabo também os ama, respeita e têm carinho.
      Infelizes dos casais que vivem só de amor.

      Eliminar
    4. Pois, mas para mim o toque começou a incomodar-me e tive que terminar. Que horror, manter-me casado ou namorar sem sentir isso! Um namorado/marido não é um amigo! Ele a querer ter relações e eu a fugir, a inventar desculpas e a ouvir bocas. Não, nem pensar.Gosto de relações honestas, obrigada!

      Eliminar
  4. eu acho que a paixão se pode trabalhar, com surpresas, por exemplo.. seja o que for.

    ResponderEliminar
  5. E quem toma essa decisão é sempre vista como a má da fita.

    ResponderEliminar
  6. Custa tanto, é verdade. Custa tanto dizer a alguém que o que sentimos já é só carinho e não chega para uma relação quando o outro nos idolatra e faria tudo por nós. No meu caso terminei. Ficámos amigos. Não dava para mais. E eu, e ele, merecíamos muito mais.

    ResponderEliminar