quarta-feira, 22 de março de 2017

Segredo.22.15


23 comentários:

  1. E?
    Sentes vergonha sempre que olhas para ele(a)?

    ResponderEliminar
  2. Infelizmente são muito raros aqueles que ainda não o foram...

    ResponderEliminar
  3. Eu também. Passaram 15 anos e continuo a arrepender-me profundamente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Percebo tão bem. Eu "traí" o meu primeiro namorado aos 15 anos. Foram uns beijos e amassos por baixo da roupa (na altura ainda nem tinha tido relações sexuais), mas lembro-me como se fosse hoje do que senti no dia seguinte, a pior sensação que experienciei até hoje. Depois disso, nunca mais.

      Eliminar
    2. Você não "traiu", você traiu mesmo -.-
      Lá porque não teve sexo não é menos traição.

      Eliminar
    3. Usei "trair" entre aspas porque tinha 15 anos, era uma miuda, ainda não tinha responsabilidade total sobre os meus atos. Hoje, com 25, nem considero que aquela fosse uma relação a sério, uma vez que só nos encontrávamos para "curtir", como se dizia na altura. Ainda assim, a sensação foi péssima ;)

      Eliminar
    4. É claro que tinha responsabilidade total. Com 15 anos já não se é uma criança principalmente se já andava a curtir com pessoas.

      Eliminar
  4. Hoje em dia já não se considera segredo nenhum...

    ResponderEliminar
  5. Entre 3 a 5 casamentos longos acontece estas coisas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em quantos? 3 a 5 em 10? Em 100? Estas estatísticas deviam ser mais precisas...

      Eliminar
  6. Quem nunca errou, que atire a 1ª pedra !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu nunca errei, 5 anos de namoro e 10 de casamento. Não atiro pedras, se calhar ando é a dormir e isto já não se usa.

      Eliminar
    2. Tenho 41 anos. 25 de namoro com 17 de casamento (8 anos de namoro até ao casamento).
      Em relação a este "erro", também nunca errei.
      E sim, infelizmente, acho que já não se "usa" mesmo... :(

      Eliminar
    3. Se tivesse dito 8 de namoro e 17 de casamento toda gente ia entender...

      Eliminar
  7. Parabéns sim senhor(a)! És um(a) grande mulher/homem
    (Espero é q nunca te façam o mesmo, pk nem sabes a magoa q isso provoca)

    Mas já ninguém é fiel hoje em dia???!!!

    ResponderEliminar
  8. Tu e mais outros. Tanta gente que muitos ja acham normal..... que perda de tempo.

    ResponderEliminar
  9. Espero que não o repitas. Nunca digo nunca, mas espero nunca o fazer. Se deixar de gostar da pessoa, prefiro terminar tudo do que traí-lo. É uma questão de respeito pela outra pessoa e de ficar bem com a minha consciência. Acho a traição algo extremamente feio. E não, não estou a julgar o/a autor(a) do segredo, estou só a dar a minha opinião, mesmo.

    ResponderEliminar
  10. Eu também já o fiz. Uma única vez. Foi o que me permitiu sentir-me menos como uma vítima. Ele acusava-me tanto e de forma infundada de ser infiel e tinha tantos ciúmes, que de alguma forma foi a minha desforra por me fazer sofrer com ciúmes doentes e sem fundamento.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não arrange desculpas. Se estava mal na relação podia sempre ter saído dela e já não 'sofria' com os ciúmes doentes. Até porque aposto que foi esse o destino da relação de qualquer das formas. Só traiu para ficar por cima ;)

      Eliminar
    2. Desculpas completamente sem senso nenhum! Você não tem moralidade nem valores nenhuns, ponto final. Podia ter saido da relação quando quisesse.

      Eliminar
    3. Ás tantas era porque ele o estava a fazia e espelhava o comportamento dele em ti ;)

      Eliminar
  11. São mais que as mães vocês! Lol

    ResponderEliminar