sábado, 1 de abril de 2017

Segredo.01.10


7 comentários:

  1. Não sintas, a escolha foi deles.

    ResponderEliminar
  2. Apesar de não ter sido eu a querer o divórcio, sinto-me culpada porque os meus filhos estão a crescer sem pai... sei que um dos meus filhos têm uma tristeza muito grande por não saber o que é ter pai, e crescer com um pai por perto...o outro filho felicita-me no dia da mãe e do pai...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tens culpa. Mais vale assim do que uma ilusão de pai.

      Eliminar
  3. Eu digo que muitas vezes os filhos são uma causa indirecta do divórcio. Mas em NADA é culpa do filho ou filha! Os pais muitas vezes é que não sabem gerir o ter um filho E continuar uma relação amorosa, cuidando de si e do outro e tendo momentos a sós. O que se calhar até pode nem ser o teu caso.... às vezes o amor simplesmente morre e não é culpa de ninguém

    ResponderEliminar
  4. Não te sintas culpada. Se não deu é porque não tinha que dar. Os filhos por norma são os que mais sofrem nos divórcios mas penso que quando crescem devem acabar por perceber

    ResponderEliminar
  5. Pois eu creci a desejar que eles se separassem. Era insuportável viver com eles em contantes discussões. Tanto eu como os meus irmãos saímos de casa mal fizemos 18 anos. Enquanto mãe, optei pelo divórcio para que os meus filhos não vivessem o mesmo que eu vivi. Antes crescer se um dos pais por perto do que viver em clima de guerra.

    ResponderEliminar