segunda-feira, 8 de maio de 2017

Segredo.08.15


14 comentários:

  1. saudades do mar, ainda percebo...
    agora, do território...
    e o "teu" país deve ser aquele onde fazes a tua vida...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não acho graça nenhuma à maioria do país. Lisboa (e não sou lisboeta), alguma parte da costa algarvia e pouco mais.

      Eliminar
    2. A nossa casa e a nossa terra. So quem esta fora sabe isto.

      Eliminar
    3. Logo Lisboa...
      Com tanto sítio bonito.

      Eliminar
    4. Lisboa é linda! Agora a sério, a beleza é relativa. Eu amo Lisboa porque adoro cidades grandes, e ainda que seja uma cidadezinha em comparação com outras pelo mundo fora, é a maior que temos e só aqui me sinto feliz.

      Eliminar
    5. Ha zonas de Lisboa bonitas, mas sao poucas..

      Eliminar
  2. Já deixei tantas vezes a minha zona de conforto e sinto saudades de todos os lugares por onde passei, sinto saudades do sitio onde nasci, sinto saudades de sítios onde vivi e nunca tive medo de dizer que tenho saudades. A única situação que realmente não sentiria saudades é se tivesse que viver longe do mar, mais que uma semana.

    NM

    ResponderEliminar
  3. Qual o problema de assumir que tem saudades? Isso não quer dizer que o projeto de trabalhar/ viver fora tenha falhado...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é esse o problema. O problema é o autor do segredo sofrer com as saudades que tem da terra e a forma que "arranjou" para tentar evitar essa dor é negá-la.

      Eliminar
  4. Eu não minto. Sinto falta do clima, da comida e do mar (principalmente do cheiro). Haverá sempre coisas boas que ficam para trás, outras fantásticas que chegam com a emigração.

    ResponderEliminar
  5. Eu tenho muitas saudades do meu (nosso) Portugal: do mar, de falar a minha lingua, da comida, do bom tempo, das laranjeiras e dos eucaliptos, das vinhas, dos nossos centros comerciais (entre o melhores/mais modernos da Europa, dos nossos cinemas (sem dobragens), da humildade e simplicidade do nosso povo, da variedade de frutas e vegetais que temos ao dispor (sim, isso mesmo...noutros paises sao escassos e custam uma fortuna..), de beber um cafe em condicoes (e pagar menos de 2 euros)..E podia continuar, mas o que me faz mais falta e mesmo o mar, o sol, as pessoas que amo e poder falar a minha lingua. E pouco? (Ah e os acentos tb fazem falta)

    ResponderEliminar
  6. Um mecanismo de sobrevivência, eu também sou emigrante e percebo muito bem...custa, custa muito.

    ResponderEliminar
  7. Eu tenho saudades do mar,sim! tenho saudades de Portugal por ser lindo,do cheiro dos eucaliptos,Portugal tem lindas coisas para mostrar e também porque é a minha terra de nascença.
    Por outro lado quando estou 3 ou quatro meses em Portugal já tenho saudades da França.
    Nasci em Portugal,vim para França com 20 e tal,hoje tenho para cima dos 70 Se me sinto bem em Portugal,sim !!!boa casa e muito grande,aqui também estou na minha casa,já paga há muito tempo,em França nasceram os filhos e netos,estamos bem,agora estávamos livres para sair definitivamente mas não sou capas de deixar isto,ia faltar-me os meus filhinhos,os meus netinhos,e a minha bisneta.
    O sol!!!ah o sol do nosso querido Portugal!!!
    Tive a sorte de vir para uma linda cidade de província,longe de Paris,calma,com montanhas para passear,sky lago imenso,mas...longe
    do mar!!!
    Depois nunca senti muita falta de Portugal porque quando vim para cá já tinha casa posta(alugada)trabalho,tinha familiar próximo que tratou de tudo.
    Temos as duas nacionalidades,são minhas pátrias,vivi mais aqui que em Portugal,amo as duas,digo a verdade.
    Por aqui ficarei para a eternidade,quero ficar junto da minha família.

    ResponderEliminar