terça-feira, 16 de maio de 2017

Segredo.16.14


9 comentários:

  1. Não é um filho que vos vai dar mais oxigénio !!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo!
      Vocês enquanto namorados é que estão a permitir que o amor se asfixie. Se esse amor está a morrer então lutem para acenderem de novo a chama. A meu ver um filho para salvar o vosso amor é um erro sem primeiro encontrarem o oxigénio que vos falta para se amarem novamente.

      Eliminar
  2. Se sem filho estão assim, imagina quando tiverem! Com um filho, às vezes o amor começa a resfriar, tenham em atenção a isso.
    Falem sobre isso...se não conseguirem.. ao menos adoptem :)

    ResponderEliminar
  3. Mas qual amor é que está a ser asfixiado? o dele ou o seu?
    O que asfixia o amor é o tédio, o estresse e a rotina, nunca a falta de um filho.

    ResponderEliminar
  4. Ai ai esta má moda dos casais acharem que um filho salva o casal ou o amor.... se sem filho já estão assim... então com um nem quero pensar.....

    ResponderEliminar
  5. É uma situação muito complicada, sou sempre da opinião que os filhos não salvam casamentos mas perceber que quando um casal quer muito um e não consegue também não deve ser fácil enfrentar essa situação mas penso que o bebé em si depois com tudo o que acarreta não deve ajudar muito

    ResponderEliminar
  6. É tão fácil julgar e atirar pedras!... Sabemos lá o que está por detrás deste segredo!

    Eu leio isto e penso, por exemplo, que pode ser de um casal a lidar com o drama da infertilidade, e que toda essa angústia e pressão, é o que está a dar cabo do amor. Só quem nunca passou por isso, é que não sabe o que custa!

    Seja qual for o caso, resolvam muito bem a vossa relação e o vosso amor, antes de darem um passo tão importante como o de ter um filho. Primeiro vocês e a relação. Sempre!

    ResponderEliminar
  7. se esse amor depende de um "acessório", não é grande amor...

    ResponderEliminar
  8. Não julgues que será o filho a fazer crescer o que já está a definhar. Quanto muito poderá ainda agravar mais a situação.

    ResponderEliminar