segunda-feira, 29 de maio de 2017

Segredo.29.15


19 comentários:

  1. Cada um "ama" á sua maneira...

    ResponderEliminar
  2. Isso não te fará mais leve, mas sim com muito mais peso em cima. Tenta sair de casa e conhecer, aproveitar, explorar. Tudo vem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sobretudo que revela mais uma obsessão, mesmo algo doentio

      Eliminar
    2. Também acho.
      Ao escrever tantas vezes algo com tanto poder, acabas por reafirmar ainda mais esse sentimento dentro de ti. É isso que queres?

      (já agora, e peço desde já desculpa por estar fora do contexto do segredo, mas alguém me saberá dizer como se chama o cacto da foto?)

      Eliminar
    3. Cacto da foto? Aquilo é um lápis xD

      Eliminar
    4. Aquilo é photoshop. Nas pontas é, efectivamente, um lápis (o bico, a borracha). Mas o que está no meio é parte de um cacto.

      Eliminar
    5. cacto?? aquilo são espinhos de rosas loool nao saiam da frente do ecra que nao vale a pena, ai ai

      Eliminar
  3. a desperdiçar tinta e papel...

    ResponderEliminar
  4. Nada como um amor platónico para ficarmos tão leves que nem um elefante a saltar de flor em flor...

    ResponderEliminar
  5. Eu escrevo para entender e ultrapassar o que sinto. Ajuda imenso a aliviar a dor e a ausência. Mas avalia se isso te ajuda e alivia ou se serve apenas para carregar na ferida.

    Tudo vai ficar bem.

    Já agora, porque é que não podes dizer-lhe?
    É um impedimento real ou será apenas medo?
    Não sei. Faz essa análise também.

    Beijinho
    Boa sorte *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se ela já não lhe pode dizer e agora tem que escrever nas folhas, se calhar é porque ficou muda...

      Eliminar
    2. Sempre tão oportuno :)
      Se não entendeu, pergunte!

      Eliminar
    3. Acha mesmo que não entendi?
      Chama-se a isso humor cáustico. :)
      (O Anónimo das 08:17 entendeu...)

      Eliminar
    4. Pelos vistos também não entendeu o que lhe quis dizer :) Chama-se estou demasiado centrado no ser maravilhoso que sou.

      É tão enfadonho Francisco...

      Eliminar
    5. Que lhe posso dizer, é a natureza humana que me faz parecer assim.Centrado para o descentrado e enfadonho para o oprimido.
      Poderia ser mais ecléctico mas teria que deixar o meu estado de plenitude e o que é considerado novo já há muito que deixou de ser novo para mim.

      Eliminar
  6. Deixa de pensar tanto e passarás a "sentir" menos. Avança.

    ResponderEliminar