segunda-feira, 5 de junho de 2017

Segredo.05.15


23 comentários:

  1. o mau gosto de uma tatuagem paga-se com a volatilidade de "um amor"...

    ResponderEliminar
  2. Em Lisboa, Arroios mais propriamente dito, há uma clínica ótima para remover tatuagens.

    ResponderEliminar
  3. O que está feito, feito está. Podes tentar modificar/alterar a tatuagem e criar outra "imagem" a partir da tattoo original. Fala com o teu tatuador e vê o que podes fazer, contudo, fica a dica ou a lição... Para a próxima já sabes que deves pensar muito bem antes de tatuar seja o que for.

    ResponderEliminar
  4. Ainda não conheci ninguém que tivesse feito uma tattoo dessas e tivesse dado certo a relação. Acabam por ter que remover ou tapar com outra coisa qualquer. O amor não precisa de ser tatuado. Além de que nunca sabemos o futuro. Depois temos ali aquele lembrete na pele, sempre a cravar o dedo na ferida.

    ResponderEliminar
  5. Fiz exatamente o mesmo, não com um amie qualquer mas com o primeiro e o mais marcante para mim, e até hoje penso que seja o único. No entanto acabou e a tatuagem ficou. No meu caso, não estou arrependida porque toda a maneira, seja onde for, ficarei marcada.
    Depois, a tatuagem não é um nome, uma data portanto, apenas eu conheço o significado.
    Quanto à autora, há muitas soluções, assim como aquelas que foram referidas acima pelos comentadores.

    ResponderEliminar
  6. Pois...essa moda da tatuagem vai deixar muita gente triste daqui alguns anos quando a sua febre passar. Principalmente quando forem mais idosos e a "Borboleta" tatuada no ombro começar a parecer um sapo esborrachado pelos pneus de um carro...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tenho 71 anos e tenho uma linda tatuagem colorida e ainda não me arrependi,não Francisco,não parece um sapo,as cores são lindas,a minha pele está lisa,cores estão praticamente igual quando eu a fiz,foi feita por um grande profissional há uns 15 anos aqui em França,até penso fazer outra,uma rosa vermelha no ombro com folhas verdes mas não muito grande,quando vou a Portugal muita gente me pergunta onde fiz a tatuagem por ser tão bem feita,eu tinha quem me fizesse mais barato mas preferi pagar mas caro e fazer por um grande profissional que me levou 500 euros mas que parece uma fotografia.
      Não é muito grande,sei que o preço é elevado mas quando eu morrer fica cá tudo.

      Eliminar
    2. Eu nem sei se chego a velha! Qual é a lógica de deixar de fazer algo hoje, porque há a hipotese de me arrepender daqui aa 30 anos, se nem sei se vivo tanto?

      Eliminar
    3. Por essa lógica, não é só com as tatuagens que devemos ter cuidado. Tantas coisas que fazemos e que depois nos arrependemos quando somos mais velhos! E é como diz um comentador aqui acima: nem sabemos se lá chegamos. Não vou deixar de fazer coisas que quero porque "quando for velha fica feio". Antes de sermos velhos (se lá chegarmos), fomos crianças, adolescentes, jovens adultos, pessoas de meia idade...

      Acho que, seja no que for, devemos pensar sempre se aquele comportamento/atitude/decisão/whatever será fonte de arrependimento daí a uns anos. Devemos sempre fazer as coisas com a consciência de que tudo tem consequências. Mas não é impeditivo de nada. Tenho as orelhas todas furadas, toda a gente diz que quando for velha me vou arrepender... Tiro os brincos, simples. Tatuagem a mesma coisa. Quando fores velha, vais ter aí essa tatuagem. Ok, mas se fazia sentido quando a fiz, fará sentido quando for velha porque foi uma atitude muito ponderada e faz muito sentido na minha forma de ser e de estar na vida, seja com 15 ou com 85 anos. Além de que, quando eu tiver 85 anos, a maioria das pessoas dessa mesma idade vai ter ainda mais tatuagens e piercings do que eu, portanto será a norma :)

      Eliminar
    4. Anónimo das 22:34 e 09:53,

      Quando falo em tatuagens, penso sobretudo numa moda irreverente adoptada pela juventude. É muito diferente fazer uma tatuagem em jovem para depois ver as transformações que o corpo irá sofrer ao longo da vida até tornar-se velho - e nesse caso considero que qualquer tatuagem é mal reflectida -, e fazer uma tatuagem quando já se entra no mundo da 3ª idade onde o corpo já terá sofrido as alterações mais expressivas e pouco mais poderá mudar. Você fez uma tatuagem aos 56 anos e, se calhar, nunca viverá o suficiente para se arrepender dela. Num estudo feito em Nova Orleães na América, 35% dos inquiridos afirmaram-se arrependidos de terem feito uma tatuagem, tal e qual o que está a acontecer com o autor deste desabafo. Embora o anónimo das 09:53 pense neste momento o contrário, a verdade é que nós nunca estamos no mesmo lugar tanto mentalmente como emocionalmente, e todas as coisas que hoje faz-nos imenso sentido, muito dificilmente farão o mesmo sentido daqui a alguns anos. Mentalmente e emocionalmente, somos apenas o reflexo do tempo que vivemos e da realidade que conhecemos e desafio quem quer que seja a provar-me o contrário. As tatuagens são uma fase, uma moda, só que ao contrário das outras modas, infelizmente as tatuagens tem um efeito mais permanente. Não admite arrependimentos. Muitos afirmam que é possível removê-las mais tarde recorrendo a cirurgias mas acho que pouca gente deve estar informada acerca do custo dessa remoção. Devem pensar que custa tanto como fazer uma tatuagem ou comer no Mc Donalds.

      Eliminar
    5. Anónimo das 23:12,

      E qual é a lógica de fazer-mos tudo o que nos apetece hoje, como se o mundo fosse acabar amanhã, se daqui a 40 anos ou 50 anos podemos ter o azar de estarmos bem vivos e depois teremos que contar os estragos todos?
      Nem tanto ao mar....nem tanto à terra. Desfrute o hoje, mas pense sempre no amanhã.

      Eliminar
    6. Estragos? Uns desenhos na pele, que se escondem facilmente com umas peças de roupa? Se fossem esses os piores "estragos" da nossa vida, estávamos todos bem.

      Anónima das 23.12

      Eliminar
    7. Oh...estragos? Uns pequenos desenhos na pele que são tão inofensivos?
      Se calhar são os cientistas que são loucos. Estão todos com inveja de não poder fazer uma tatuagem e por isso estão sempre a inventar mentiras. Como esta aqui de que as tatuagens aumentam o risco de desenvolver um cancro da pele por causa da qualidade das tintas baratas que são comummente utilizadas. Só que tem que seguir este link:

      http://www.tvi24.iol.pt/tecnologia/alteracoes-adn/tatuagens-cor-pode-agravar-o-risco-de-desenvolver-cancro

      Toda a gente diz que recorrem a bons profissionais e que pagam couro e cabelo para ter o melhor, mas não acredito que haja alguém que consiga saber com total certeza de onde vem as tintas.

      Eliminar
    8. Se formos cortar tudo na nossa vida que se suspeita de ser cancerígeno, não fazemos nada. Nem respiramos, afinal de contas o ar está super poluído.

      Quem não gosta de tatuagens que não as faça, vir com esta conversa de "vais arrepender-te" "ai que provoca cancro""ai quando fores velha" é só estupido. Afinal de contas o corpo é nosso, e quem se arrepender tem de lidar com isso, e quem ficar com cancro nem vai saber se foi pela tatuagem, pelo sol em excesso, pelo tabaco, pela má alimentação, etc etc

      Anónimo 23.12

      Eliminar
    9. Anónimo 10:58,

      Não caro anónimo, essa conversa não tem um resquício que seja de estupidez, é precisamente o oposto. É puro bom senso. Quem não gosta da "conversa" é que quer fazer dela estúpida para camuflar a sua própria estupidez. O corpo é nosso mas não é nenhum altar. Quem tatua algo como: " Eu amo o Fanicas" não está a fazê-lo seguramente para ele, está a fazê-lo para os outros, porque o amor, esse, já vive no coração, não precisa de ser tatuado para a pessoa saber que o tem.

      Eliminar
    10. Está a mudar a conversa de rumo, nós estavamos a falar das tatuagens no geral e não de tatuagens feitas para os namorados, essas têm um risco acrescido. Eu não as faria, mas não critico quem faz, se se arrepender, tem de lidar com isso. Simples

      E se acha que a conversa do 'ai que provoca cancro' não é estúpida, Francisco, não fume, não beba, não coma carnes processadas nem fumadas, não coma açúcar, não coma gorduras (óleos manteigas etc), não use perfumes, não use cremes, nem sabonetes, nem shampoos, etc etc etc, pois todos estes produtos têm químicos nocivos e altamente cancerígenos...
      Passe bem

      Eliminar
    11. Anónimo 09:28,

      Eu não mudei a conversa, mantive-a sempre dentro do tema do desabafo que era o de alguém arrependido por ter tatuado o nome de um amor que acabou por morrer. Quis tatuar para mostrar aos outros, por ser moda, bonito e engraçado, e agora vai ter que esconder essa tattoo dos próximos outros que entrarem na vida dele. A conversa do "cancro" foi uma resposta ao comentário do anónimo das 09:34. É evidente que nos dias de hoje não podemos confiar em nada que esteja disponibilizado na loja para cuidar do nosso dia-a-dia, mas já por isso não fumo, não bebo, não como carnes fumadas, evito o açúcar refinado (e as bombas cancerígenas presentes em tudo o que é Light como é o caso do Aspartame), não uso cremes nem perfumes (a minha natureza já é bem cheirosa) e escolho bem os meus sabonetes e shampoos. Sei que todos nós um dia vamos morrer, mas isso não quer dizer que tenhamos forçosamente que nos colocar mesmo em frente à boca do Leão. Passe bem...também.

      Eliminar
  7. Não quero parecer má, mas este tipo de segredos dá-me vontade de rir! Espere que não apague essa tatuagem com a tatuagem de outro amor.

    ResponderEliminar
  8. Basta estar "tatuado" no coração e não na pele...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso mesmo. Um amor só nosso, sem fazer propaganda ou bandeira disso.

      Eliminar
  9. Ai o amor ... ai o amor ! Agora é tirar, existe que o faça!

    ResponderEliminar
  10. A melhor tatuagem de amor é aquela que fica na alma.

    NM

    ResponderEliminar
  11. A tatuagem mais profunda e dolorosa não ficou na pele, estou seguro disso.
    Ou aceitas o que essa tatuagem representou e serve como ensinamento ou a usas como base para algo mais importante na tua vida. O corpo é teu e aquilo que nele se encontra apenas a ti diz respeito.

    ResponderEliminar