quinta-feira, 8 de junho de 2017

Segredo.08.10


6 comentários:

  1. Eu chorarei pela morte dos meus irmãos e não do meu pai, assim está escrito e assim ficará escrito!

    ResponderEliminar
  2. Eu demorei 18 anos a enfrentar a da minha avo (que me criou), era uma miuda, ela estava muito doente e eu nao quis visita-la pois sabia que nao tinha cura e recusei-me a ver o fim dela...depois claro arrependi-me pois imagino que tenha sofrido mais por nao ter tido a neta ao lado dela. Hoje so posso lamentar mas do fundo do coracao espero que ela saiba que foi apenas imaturidade para lidar com a situacao...As pessoas nao lidam com a dor todas da mesma forma.

    ResponderEliminar
  3. Perdi o meu pai há 13 anos, devo ter ido ao cemitério umas 10 vezes deste então

    ResponderEliminar
  4. Não precisas de ir ao cemitério para ultrapassar uma morte.
    Esse tipo de coisas passam-se dentro de nós. Força.

    ResponderEliminar
  5. Há pessoas que não conseguem, depende das pessoas, nem todos encaramos a morte e o luto de igual forma. Leva o tempo que precisares, sem pressa.

    ResponderEliminar
  6. igual, há quase 3 anos.

    ResponderEliminar