terça-feira, 13 de junho de 2017

Segredo.13.15


23 comentários:

  1. e quando é que perdeste o interesse?
    ou nunca tiveste?
    quase que se podia dizer que estás casada por amor...

    ResponderEliminar
  2. Porquê?
    Mas já tiveste alguma vez?

    ResponderEliminar
  3. Este segredo podia ser meu, mas ao contrário. Perdi completamente o desejo pela minha mulher.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para si e para a autora, perdeu completamente / não tem qualquer interesse sexual no cônjuge. Ora bem, ja falou com a outra pessoa sobre isso, sabe o que o/ a levou a esse extremo? E olhando para si, mudou física e emocionalmente para já nao corresponder ao que o era no início? E se o amor acabou mesmo, o que vos impede de seguirem caminhos separados? Reflitam sobre isto e façam por serem felizes.

      Eliminar
  4. Se não possui qualquer interesse sexual pelo seu marido nem quero imaginar qual foi o interesse que a levou a casar com ele...

    Ah!...pois...deve ser outra vez a história do dinheiro....(e depois vêm todas aqui queixar-se...)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh caro pensador, ora pense la um bocadinho.. O desejo sexual que se sente por alguem hoje pode nao ser o mesmo passado 1 ano, 5 anos, 20 anos.Por acaso
      sabe ha qt tempo a autora esta casada? Existem inclusive factores que interferem com o desejo sexual das pessoas (medicamentos, stress, depressao). E mais lhe conto: um homem mesmo que esteja chateado normalmente nao evita o contacto sexual... uma mulher quando esta magoada nao as abre nem por decreto.

      Eliminar
    2. Anónimo das 11:44,

      Sim, acho que os seus argumentos são válidos. Faço um mea-culpa porque muitas vezes deixo-me levar sobretudo pelo sentimento provocado pela imagem escolhida pelo Shiuuuu para transmitir determinados desabafos. Muitas vezes um desabafo pode ser mais inocente mas a imagem acaba por inflaciona-lo de certa forma.
      Nas suas palavras reconheço perfeitamente a máxima que distingue um homem de uma mulher a nível sexual. Na mulher o amor gera o desejo mas no homem o desejo gera o amor. Para a mulher é normal o seu desejo sexual esmorecer um pouco com o passar dos anos porque ela possui uma espécie de relógio biológico dentro dela. Enquanto o seu corpo sentir-se desejoso de procriar, o desejo sexual irá estar presente e será sempre muito forte, mas logo que ela se sinta satisfeita com o número de filhos que tem (mas também o trabalho que isso lhe traz), o seu desejo desaparece num ápice para o desespero dos homens. E sim, é verdade que um homem mesmo que chateado normalmente não evita o contacto sexual porque, para eles, o sexo é visto apenas num plano físico e nada tem a ver com o plano sentimental, ao contrário das mulheres que jamais fariam sexo sem sentir amor. Ou pelo menos era assim, porque dizem que os tempos estão a mudar um bocadinho... :)

      Eliminar
    3. Francisco, o pensador, o quê? deixa de querer ter filhos e perde o apetite sexual?????

      Vou deixar de vir cá ao Shiuuuu pq não suporte os comentários deste senhor.

      Eliminar
    4. Upss...Parece que a carapuça serviu a alguém...

      (E o Shiuuuu perdeu mais um anónimo, mas que perda irreparável...)

      Eliminar
    5. anónimo 16h42 , mas alguém te obriga a ler os comentários dele? se não suportas eu penso o contrário.

      Eliminar
    6. Francisco, não espalhe desinformação! =)
      As mulheres eram muito condicionadas a nível sexual (e ainda o são) mas isso já está em mudança.

      Eliminar
    7. Anónimo das 21:46,

      Não lhe retiro razão naquilo que disse, mas não concordo que tenha passado desinformação. Talvez não a tenha completado correctamente mas o que disse também é correcto. Muita gente esquece que antes de sermos seres pensantes e racionais, somos sobretudo um ser animal cuja estrutura fisiológica foi concebida com o propósito de procriar. É isso que faz com que a mulher sofra diferentes estágios hormonais (com repercussões no seu desempenho sexual) devido à decrescente produção de estrogênio de que é alvo até atingir o estágio da menopausa. Acredite, ao contrário de alguns comentários recentes e de algumas reacções intempestivas, isto não é um assunto com que eu goste de brincar.

      Eliminar
    8. Este Francisco é insuportável!

      Eliminar
    9. Anónimo das 12:32,

      Esforço-me muito por sê-lo...e olhe que nem toda a gente pode se gabar de conseguir fazer isso. Muito grato por ter reparado nisso. :)

      Eliminar
    10. Amargurado da vida parte 43.

      A mulher tem várias fases mas isso não tem nada a ver com o seu dever de procriar. Porque se formos por aí, você vai dizer o quê dos outros mamiferos fémeaq que não têm fases? Que procriam o ano todo e a vida toda? Que tristeza. O ser humano é como é mas acho que você precisa rever as suas aulas de biologia e evolução porque está mais que visto que não percebeu nadinha.
      Você fala de tanto disparate que me eriça os cabelos!!!!
      A mulher só tem desejo enquanto quer procriar????? Mas que enorme disparate!! Tanta idiotice vinda de um só homem tão ignorante.
      Quanto mais comenta mais vejo o porquê de ser um amargurado.... é pena. E que num homem o sexo gera amor, que não recusa um contacto sexual, bla bla bla. Você pode ser mau, mas adivinhe, nem todos o são.

      Eliminar
    11. Anónimo das 08:23,

      Suponho que o "Amargurado" seja eu o que me deixa um pouco triste porque para além do valor desse epíteto gostaria também de conhecer a sensação de ser assim. Você, em contrapartida, e de tanto falar dela (já vai na parte 43!), parece conhecer muito bem essa sensação e, só por isso, invejo-o(a). Deve ser uma sensação muito fixe. :)
      Agora, gostaria que, para além das limitações que revela, me dissesse um único exemplo de um mamífero fêmea que não tenha fases hormonais e eu poderei dizer-lhe o que é realmente triste. Você.
      Se lhe eriça os cabelos pode sempre competir com o ouriço cacheiro ou rever com ele as suas aulas de biologia. E nem sequer sabe ler os meus comentários. Eu nunca disse que a mulher só tinha desejo enquanto quisesse procriar, disse que existia uma ligação bastante visível entre as duas coisas devido à produção de hormonas que acabam por afectar grandemente o desejo sexual das mulheres, somando também razões de natureza afectiva e social (como bem disse o Anónimo das 21:46).
      Para finalizar, não se sinta assim tão chocada por saber que o homem só ganha amor depois de experimentar o sexo e saber que ele é bom. Sinto muito se essa ideia afectou-a pessoalmente e agrediu alguma crença que tenha criado para a sua vida familiar. E não, muito raramente o homem recusa um contacto sexual a não ser que já o tenha tido nesse dia e não tenha mais apetência para isso (para bom entendedor meia palavra basta). Não se trata de ser mau, é a nossa natureza. Aceite isso.

      Eliminar
    12. hahahahaha este francisco sabe-la toda. Aquela do ouriço cacheiro matou tudo! :D

      Eliminar
    13. Citação: "Enquanto o seu corpo sentir-se desejoso de procriar, o desejo sexual irá estar presente e será sempre muito forte, mas logo que ela se sinta satisfeita com o número de filhos que tem (mas também o trabalho que isso lhe traz), o seu desejo desaparece num ápice para o desespero dos homens."

      Coitado do senhor, nem sequer sabe o que escreve.... é preciso relembrar-lhe o que o próprio diz.

      E corrija-se: há mamíferos que não têm ciclos menstruais e apenas raros mamíferos sofrem de menopausa.

      E desculpe desiludi-lo: muitas mulheres têm uma libido feroz mesmo após a menopausa, e as que fazem laqueação das trompas continuam com uma vontade enorme de sexo, igual para as que tomam a pilula sem pausas e que desse feito não têm menstruação nem ovulação, e ainda mais, adivinhe só! Mesmo as mulheres inférteis ou que não querem ter filhos podem ser ninfomaníacas.

      E faça um favorzinho a si mesmo: pare de fazer o qud VOCÊ acha e vive e sente o que TODOS OS HOMENS acham, vivem ou sentem. Desculpe também desiludi-lo nesse ponto: você NÃO é o dono de verdade alguma absoluta, e não, os homens não são todos como você, nem de longe. E ainda bem.

      Eliminar
    14. Anónimo das 23:50,

      Não sinto gozo nenhum em fazer isso mas a verdade é que o anónimo das 08:23 estava a pedi-las. Quando alguém quer fazer-se de esperto comigo, o mínimo que se lhe pede é...que seja realmente esperto. Caso contrário vai fazer má figura. :)

      Eliminar
    15. Anónimo das 15:15,

      Em primeira mão fico curioso em saber porque razão o seu comentário só ficou visível muitas horas após o meu último comentário ter sido publicado. Muito estranho.

      Mas vamos a respostas. Sei bem qual foi a minha citação, relia-a muito bem antes de lhe responder (no meu comentário das 12:51) para ter a certeza que não seria apanhado em contracenso e não retiro nem uma virgula àquilo que já disse. Primeiro acho bastante óbvio que tudo aquilo que disse foi generalizado (nem deveria ser preciso dizer-lhe isso). Da mulher, quando esta está na sua fase de procriação, o homem poderá sempre contar com um desejo sexual muito presente, intenso, e que poderá traduzir-se em várias relações sexuais por semana quando não são várias vezes por dia. A medida que o seu relógio biológico perde o desejo de procriar e é preciso cuidar de quem já foi "procriado", de várias vezes por semana passa para duas, depois para uma, quando não passa para uma vez por mês, sempre com a desculpa do cansaço, da TPM, das dores de cabeça ou da novela a qual não quer perder pitada. É uma realidade que afecta todo o homem casado. Não sei porque se sente assim tanto ofendida por este vosso pequeno segredo não ser assim tão secreto.
      E corrige-se a senhora: Há mamíferos que não têm ciclos menstruais porque sofrem um ciclo estral. "Ciclo Estral", vá ao dicionário ou à Google e veja o que isso quer dizer. Já que manifestamente não percebe, saiba que o ciclo menstrual é apenas uma característica dos primatas que, como bem deveria saber, são os nossos ancestrais.

      E não, não me desiludiu de forma alguma. Sei que existem algumas mulheres com uma libido feroz mesmo após a menopausa e chama-se a isso a "Idade da Loba", que é uma fase de transição onde existe um grande desequilíbrio na produção de hormonas agravado pelo facto dos ovários continuarem a produzir a hormona masculina responsável pela estimulação da libido. Mas cara senhora, estamos a falar de um universo bastante reduzido de pessoas onde essa situações ocorrem. Não queira fazer de uma excepção uma regra. A laqueação das trompas, por sua vez, não interfere com a produção de hormonas pelos ovários, logo, não pode servir de exemplo porque o corpo ainda se acha em condições de procriar.
      Agora vamos à verdadeira bomba que você lançou e que quase fez-me cair da cadeira: Quem toma a pílula não tem menstruação????? Mas onde foi você buscar essa ideia? De certeza que você é mulher? Ou é um homem a comentar fazendo-se passar por mulher? Só pode!
      A pílula pára apenas a ovulação devido aos hormônios sintéticos que fornece e bloqueia a função dos ovários mas ela não impede a produção da testosterona que é considerada importante para o desejo sexual.
      Quando às mulheres inférteis, neste momento não existe estudos suficientes para poder avaliar com real certeza de que forma isso afecta a libido e o seu desempenho sexual. Apenas sei os resultados de um questionário que fizeram no passado a 111 pacientes que buscavam por tratamentos de reprodução, revelando que 16,6% das mulheres apresentaram falta de libido, 11,9% tinham dificuldades de excitação sexual, 12,6% sofriam de Dispareunia e 21,3% confessaram dificuldades para atingir o orgasmo. A ninfomania, essa, é considerada um transtorno sexual, uma doença, e como tal pode afectar mulheres de qualquer idade, condição biológica ou extracto social.

      O resto do seu comentário foi pura e simples conversa de "chacha", logo, nem me vou dar ao trabalho de comentar (nunca tive jeito para vender peixe), mas se tiver mais alguma dúvida, terei todo o gosto em responder. :)

      Eliminar
  5. Se não o possuis, devias deixar que ele siga o seu próprio caminho e ainda ser feliz com alguém.

    ResponderEliminar
  6. Mais um otário que casou com uma mulher bonita fisicamente e pensava ele que era amor para toda a vida... quer dizer dele para ela até pode existir amor, agora da autora para o marido existe amor ao dinheiro dele...

    ResponderEliminar
  7. O meu marido tem um problema se saúde que nos impede de ter relações sexuais com frequência. E eu amo-o mais que tudo, mesmo sem sexo.

    ResponderEliminar