terça-feira, 1 de agosto de 2017

Segredo.01.15


20 comentários:

  1. Mas com consentimento de ambos? Uma coisa é teu marido ou mulher deixar teres uma aventura aqui ou ali outra é estares a meter-lhe os "palitos".. Se tu o deixas ter uma aventura de vez em quando e ele(a) te deixa a ti e são felizes à mesma tudo bem. Pela forma que está escrito parece ser mútuo essa " infidelidade". Se és só tu então não é o segredo para vossa felicidade mas para a tua.

    ResponderEliminar
  2. e como é que isso funciona, se é que funciona?

    ResponderEliminar
  3. Eu cá acho que é a sensação de culpa... Que vem da infidelidade.
    Já agora, o teu parceiro/a também se esforça para manter a relação em dia, e arranja tempo para esses passeios ocasionais?
    Ou é só hipocrisia da tua parte?

    ResponderEliminar
  4. Desde que sejam felizes, não vejo nenhum problema. Não está escrito em lado nenhum que o ser humano nasceu para ser monogamico, isso são coisas da religião e sociedade. Desde que seja consentido e não haja traição, é uma opção válida.

    ResponderEliminar
  5. Cada vez mais acho que o segredo é esse. Cada um faz a sua vida e pronto.

    ResponderEliminar
  6. A criança nasce e cresce e morre sem saber quem o pai verdadeiro.

    ResponderEliminar
  7. Confesso que o meu maior segredo também é esse!...

    ResponderEliminar
  8. Hahaha...aposto que este segredo foi escrito por um homem...às escondidas da mulher... :)

    ResponderEliminar
  9. ue "receita" tão estranha...
    e são os dois infiéis ou há alguém que vai ser o último a saber?

    ResponderEliminar
  10. Se ambos estão de acordo, não vejo qual o problema.
    se é do consenso de ambos e não há traição, fazem bem.

    ResponderEliminar
  11. Se ambos alinham, entao nem é um segredo, e´ simplesmente a vossa forma de funcionar como casal.Se funciona para voces, se ambos concordam , entao força !!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se ambos alinham, nem sequer se pode chamar infidelidade. E o segredo seria totalmente diferente.

      Eliminar
  12. Isso para mim não é um casamento!
    Mas cada um sabe o que faz ... tenho pena de a infidelidade ser tão comum , bolas!

    ResponderEliminar
  13. A não ser q seja decisão de ambas as partes, parece me apenas cinismo e falta de amor

    ResponderEliminar
  14. Se ambos aceitam é uma relaçao poliamorosa e não infiel...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Poliamor, gosto muito dessa expressão apesar de não figurar no dicionário, e gosto porque demonstra a capacidade do ser humano de criar expressões mais "leves" para os equivalentes socialmente mais pesados como é o caso da Poligamia e libertinagem.
      Anexa-se o termo "Amor" à palavra e pronto...já parece mais saudável e bonito... :)

      Eliminar
    2. Conversamente, poder-se-á falar da capacidade do ser humano para criar expressões pesadas como "libertinagem" para algo tão simples como o poliamor ;)

      (Ah! Sou monógama...)

      Eliminar
    3. Anónimo(09:43),

      O que está em causa não é apenas a expressão ou a forma como se escreve uma palavra, mas sim o sentido da mesma que tanto num caso como no outro são exactamente iguais. Acrescenta-se "amor" à palavra e pronto...já não é pecado e Deus já não me manda para o inferno.
      Assim, o que eu critiquei foi essa particularidade do ser humano de tentar encontrar eufemismos para palavras socialmente condenáveis...

      Eliminar