terça-feira, 1 de agosto de 2017

Segredo.01.17


33 comentários:

  1. Mas conhecia-o o suficiente para trocar fluídos com ele!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo. Cuidado com as doenças

      Eliminar
    2. Se não pretende casar com ele, não precisa de saber muito sobre ele.

      Eliminar
    3. Não é preciso conhecer uma pessoa para ter sexo. Algo me diz que nunca teve o prazer de ter uma one night stand.

      Eliminar
    4. Não escrevi o comentário original, e não critico a autora, mas por favor entendam que as pessoas são todas diferentes. Para mim, uma one night stand não seria sinónimo de prazer. Nunca senti desejo sexual sem estar apaixonada, por isso nunca tive vontade de ter uma dessas aventuras... seria só um homem a ter prazer com o meu corpo sem eu sentir qualquer prazer. A ideia de beijar um homem , tocar-lhe nos genitais, etc., sem estar apaixonada por ele dá-me tanto nojo quanto a ideia de beijar uma mulher.

      Eliminar
    5. Anónimo2 de agosto de 2017 às 00:41

      Nao interessa se teve ou nao one night stands.
      O que interessa é que nao se troca fluidos com pessoas que nao se conhece, ponto.
      Isso na pratica quer dizer: ou nao se tem sexo de todo, ou se tem sexo tem que ser sempre com preservativo (e se for o caso, nunca esquecer que sexo oral tambem é com preservativo).

      Regras basicas.

      ps: ironicamente, gravidez até é do mais "levezinho" que pode acontecer.

      Eliminar
    6. Infelizmente o grau de conhecimento que temos da outra pessoa nada tem haver com a probabilidade de apanhar ou não uma DST.
      Pela quantidade de segredos que passam por aqui a falar de traições já deveríamos ter chegado a essa conclusão.

      Eliminar
    7. Anónimo 00:41, n somos todos iguais por honra de quem é que devia de ter uma de ter tudo uma one night stand se ainda acredito no amor e nas relações? N é preciso conhecer uma pessoa para ter sexo, porque hoje (antigamente tb existia) muitas pessoas n sabem amar nem querem, n se querem dar ao trabalho de conquistar alguém, muitas n respeitam o seu corpo,daí qualquer um serve para satisfazer a necessidade ou impulso. A autora andava a ter relações sem preservativo com uma pessoa que mal conhecia, o que demonstra bem a cabecinha desta gente(de parte a parte) Agora talvez venha mais uma criança sem ser desejada nem planeada e talvez com um pai ausente, mas isto agora é tudo normal onde n há amor nem grandes capacidades de raciocínio tudo é normal (o que n impede de a criança seja feliz,mas imagino quando souber que foi fruto de uma queca com um desconhecido), existe a tendência a tornar tudo normal para justificar a a falta de tino.

      Eliminar
    8. Ah meu deus. Por favor deixem-se de coisas.
      Há gente que consegue fazer sexo e ter prazer sem estar apaixonado, se alguém não consegue, paciência, problema de cada um, não somos todos iguais e ninguém é melhor só porque faz sexo com quem ama ou porque faz às xs com desconhecidos.

      Há gente que não tem sorte na vida amorosa, simplesmente não aconteceu ainda, e é injusto estar a julgar só porque fez sexo sem estar apaixonado, as pessoas não têm de se coibir de algo só porque não têm um namorado ou esposa. Isto nada tem a ver com respeito por si mesmo (desde que se tenham cuidados, claro). E eu não entendo como é que a vida sexual alheia incomoda tanta gente!

      Autora, cuidado com o Que fazes, desta vez foi uma gravidez, mas podias ter tido o azar de ser algo pior.

      Eliminar
    9. Anónimo 13:48, estamos a comentar um segredo que têm inevitavelmente a ver com sexo desprotegido com um quase desconhecido daí comentarmos.
      Acha mesmo que a vida sexual dos outros incomoda-me? Incomoda-me é estas pessoas muitas vezes andarem a espalhar doenças ou vírus ( n estou a falar deste caso em concreto), porque caso n saiba quem vê caras n vê DST´s!

      Eliminar
    10. Anónimo2 de agosto de 2017 às 19:02
      É chato, mas é com elas -.-
      Eu também me preocupo e teria cuidados, mas para quê chatear os outros? É a vida deles, é a saúde deles, nós temos é de nos preocupar connosco e com quem nos envolvemos. Não tem de se incomodar com isso.

      Eliminar
  2. E conhecer um pouco melhor o pai? Também entra nos seus planos ou é só o filho que conta?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso que o pai é meio irrelevante.
      Claro que deverá saber da existência do filho e tal, mas não me parece que ele a quisesse conhecer como mãe do filho dele xD

      Eliminar
    2. Anónimo (13:49),

      Não temos forma de saber se assim é. A autora nada revelou a respeito das intenções do pai, diz apenas que mal o conhece. Como se ele não tivesse qualquer voto na matéria...

      Eliminar
    3. Que voto terá ele?
      Se ele não concordar com ela, e não quiser o filho, o que é suposto ela fazer? Abortar?
      Quando uma pessoa faz sexo, deve saber que engravidar é um risco (não me parece que ela tenha feito de propósito, seja maneira como está escrito o segredo).

      Eliminar
    4. Anónimo(04:59),

      Da maneira como o segredo foi escrito ela quis apenas dizer que teve relações sexuais com uma pessoa que mal conhece e que não tem intenções de iniciar uma relação mais próxima com ele, preferindo trazer o filho ao mundo em vez de optar pelo aborto. Não penso que ele saiba da gravidez sequer e isso é injusto porque o filho também é dele e ele tem o direito de saber que vai ser pai. Se ele assume ou não, isso já é outra história. Dai eu ter perguntado se nesta altura não seria mais preferível conhecer melhor o pai do seu filho antes de tomar qualquer outra decisão.

      Eliminar
  3. e esse homem quer esse bebé?
    e esse bebé -que vai crescer- quer essa mãe?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se não quisesse, que tivesse tido cuidado.
      Quanto ao bebé, ninguém sabe o que um miúdo pensa, e isso nunca pareceu importa muito quando alguém tem um filho.

      Eliminar
    2. anónimo das 13:51,
      aqui ninguém estava a falar de filho...
      isto era sobre um nenuco..

      Eliminar
  4. E o conhecimento que tens dele é suficiente para saber que vai ser pai?

    Nuno

    ResponderEliminar
  5. se quer a criança fale com o homem. Este tem o direito de saber.
    Não precisa de ter uma relação amorosa com ele, mas tem de ter uma relação com o mesmo pois a criança tem que ter pai, pelo menos no papel....

    ResponderEliminar
  6. Se queres, tem o bebé, felicidades!

    ResponderEliminar
  7. O facto de mal conhecer o homem não a impede de todo de ter esse bebé. Não é por decidir prosseguir com a gravidez que tem de ficar com ele, casar com ele...

    ResponderEliminar
  8. Acho que ele deveria ter direito a decidir contigo...
    Ser mãe e pai tem de ser uma decisão a dois, do meu ponto de vista.
    Não tenhas essa criança contra a vontade dele, porque isso é um peso enorme para a criança que aí vem!
    Boa sorte!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ambos decidiram correr o risco de uma gravidez quando tiveram relações desprotegidas. Foi nessa altura que ele (e ela) podiam ter decidido o que quer que fosse. Agora, o bebé já existe e quem tem de o ter a crescer dentro de si, é ela, quem tem de o parir é ela, e se ela quer ficar com ele, não é a opinião dele que a deve levar a abortar. Ele teve a hipótese de decidir não ter um filho: na altura da relação sexual. Se na altura não se importou, não é agora que deve decidir importar-se.

      Eliminar
    2. Só há dois caminhos: ou se tem o filho ou não se tem o filho.
      E não ter o filho implica que ela aborte, coisa que pessoalmente, acho que os homens não têm de interferir.
      Mas no entanto, acho que uma conversa seria sempre bom.

      Eliminar
  9. Tens condições para o criar sozinha? Não será uma tarefa nada simples.

    ResponderEliminar
  10. Eu sou mulher, já senti tesão por homens que não estava apaixonada e sim, já dormi com alguns. As pessoas do Shiuuuu ás vezes parece que têm 10 anos e não sabem que existem estas coisas. Quimica e tesão podem acontecer sem paixão. Agora sou casada, amo o meu marido perdidamente e sou fiel. Esses tempos acabaram, mas aconteceram e são muito boas recordações.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As pessoas estao a dizer que se teve maturidade suficiente para ter sexo, entao tambem deviam ter para usar um preservativo. Todos nos sabemos que cada vez que temos sexo com alguem, se nao usarmos proteçao podem haver consequencias, o facto de nao conhecermos o outro ainda complica mais as consequencias.

      Eliminar