quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Segredo.02.14


28 comentários:

  1. Essas revelações devem ser feitas antes de se começar a namorar. Não esperar até já estarem numa relação. A outra pessoa tem direito de saber.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai têm?? Porquê??? Se eu tiver gostado do Jorge ou do Filipe antes de namorar com o João não causa problema nenhum, mas si eu tiver namorado com a Ana, ja é um problema??? Tristeza....

      Eliminar
    2. Concordo com o primeiro comentario, não tamos aqui a falar de ter namorado como este e como aquela como fala o anónimo do segundo comentario, se ele era bi tinha de lhe dizer sim, a pessoa tem de saber, para não ser apanhada de supresa depois, cada pessoa, namora como quem quer, e se a autora não se sente bem a namorar com alguém que seja bi, tá no direito dela, e não venha a criticar por isso, não tamos aqui a falar de homofobia, mas sim de ser uma coisa importante, e ter de ser contada, quando quer começar uma relação com alguem tem de contar as coisas logo de incio e não esconder. Eu não sou homofobica, mas não gostava de namorar com alguém que seja bi, é um direito meu, e não tenho nada contra quem o faça.

      Eliminar
    3. Nao é tristeza! A outra parte deve poder optar por ficar ou não, aceitar ou não mas para isso há que ser verdadeiro. Comigo, por exemplo, acabava porque "bis" não são de confiança e acabam sempre por saciar o lado gay.

      Eliminar
  2. E muda o quê sobre ele?
    O mesmo que ele dizer que prefere loiras a morenas?

    Se calhar ele tinha medo dessa mesma reação da tua parte. E parece que tinha razão em ter.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muda muita coisa, ela pensava que ele tinha interesse numa coisa e ele tem interesse noutra.
      A ideia que ela tinha dele nao corresponde á verdade.

      Eliminar
    2. Nao, ela pensava que ele tinha interesse NUMA so coisa e afinal ele tem interesse em duas.
      Não muda em nada a situação que ele a ama e esta com ela por amor, ao ponto de lhe contar um tal segredo!
      Mas pronto, quando se é limitado de espirito, é nisto que da...

      Eliminar
    3. Anónimo2 de agosto de 2017 às 20:15

      Entao ficamos assim, os limitados acham que muda, os ilimitados acham que nao muda.

      Eliminar
    4. Anónimo(20:15),

      Tudo bem que devemos ter a mente mais aberta e alimentar um espírito mais liberal, mas isso apenas na forma como o mundo se apresenta perante nós. Todos temos o nosso lugar no mundo. Mas se algo nos envolve directamente, ninguém nos obriga a gostar, e a autora tem todo o direito de achar nojenta a ideia do namorado sentir apetência para ter relações sexuais com pessoas do mesmo sexo sabendo que ela também partilha "intimidades" com essa pessoa, por exemplo. É um direito que lhe assiste, sem quaisquer limitações do espírito, e que ninguém pode criticar.

      Eliminar
  3. Mudou? Então os teus sentimentos são em relação a ele enquanto pessoa ou aos seus gostos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os gostos também não definem aquilo que ele é enquanto pessoa?

      Eliminar
    2. Definem alguns dos seus traços mas não o representam como um todo.
      Se ele fosse adepto do Belenenses seria motivo para ela deixar de gostar dele? Se ele apreciasse música Clássica era igualmente razão justificativa?

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    4. Desculpe Fox mas eu nunca conheci um bi, comprometido que nao fosse à procura de gajos. É um bocadinho diferente de gostos musicais ou de clubes

      Eliminar
    5. Mas estaria em discussão uma suposta mudança de sentimentos por ação de preferências, não a hipotética "procura" por terceiros.

      Eliminar
    6. Eu, como já referiu outra anónima, tb acho pouco masculino serem bi e passava logo a ver a pessoa com outros olhos :/

      Eliminar
  4. Na minha modesta opinião, o teu namorado devia contar isso na altura em que começaram a namorar.
    Se achas que é uma questão de tempo, eu penso que "já estás pronta" pra terminar a relação(pela forma como dizes).
    Se fosse comigo eu falava com ele de uma forma séria e aberta sobre as suas escolhas e o que pretende para a relação. Porque mesmo sendo bi não significa que te vá trair mais facilmente, o que n tem lógica nem nexo.

    Entretanto a escolha é sempre tua, e podes sempre pedir um tempo para pensares sobre isso.

    Boa sorte e acredita, existem coisas bem piores.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por favor,tempo!
      Se é preciso tempo para pensar já está tudo dito.

      Eliminar
    2. Existem pessoas q n têm coragem nem fibra para acabarem um relacionamento e como tal usam a expressão tempo.

      Tempo n significa exclusivamente o fim... mas que alguém precisa de pensar sobre algo e como tal precisa de estar só ou de se informar sobre algo (informar pode ser conversar ou desabafar).

      entendo o seu ponto de vista, mas n concordo a 100%.

      ASS:Anónimo2 de agosto de 2017 às 15:31

      Eliminar
  5. Eu não sei o que faria, sinceramente. Por um lado penso que não deve fazer tanta diferença.
    Por outro, fico a pensar na possibilidade dele precisar de se relacionar com homens por não encontrar o que quer na pessoa com quem está.
    É complicado, ainda mais quando já avançaram na relação.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas não se preocupa quando isso acontece com a pessoa com quem esta do sexo oposto?????
      Se você gostar de sodomia e ela não, também não vai ter medo de se ser traido??? Bah!
      A sério, tantos problemas e tudo concentrado nisso, esquecendo que este homem de certeza que a ama imenso ao ponto de ter contado um tal segredo dificil! Se ele a ama, não vai trair, nem com homem nem com mulher!!! é assim tão dificil?? Porque raio um bi trairia mais do que um hetero????

      Eliminar
    2. Tambem pode ter contado para posteriormente a abordar para umas brincadeiras a 3 com outro bi. Se ela concordar as hipóteses de ele trair são menores. Ou, se calhar, foi ameaçado por alguém que lhe disse que ia dizer à namorada. Antes que isso acontecesse contou ele :)

      Eliminar
  6. Deixa amadurecer a ideia, talvez tenha sido uma espécie de choque. Se houver amor mesmo, não fará assim tanta diferença.
    No entanto, também sou da opinião que é daquele tipo de pormenor partilhável no início, ou o quanto antes na relação (falha dele, mas um pouco compreensível).

    Também concordo com "existem coisas bem piores" na minha opinião.

    ResponderEliminar
  7. Bi... os casos q conheci de homens q diziam ser bi, eram apenas gays no armário...

    ResponderEliminar
  8. Não gostaria nada de imaginar que o meu namorado teve relações sexuais com outros homens.
    Acho pouco masculino.
    Esse namoro para mim já teria terminado. Sinto aversão a homens bi.

    ResponderEliminar
  9. Qualquer tipo de orientação sexual, não é um problema. Pois os sentimentos não mudam por se gostar dois sexos. Uma pessoa bi ou pan, não vai acabar a relação porque quer "saciar" algo, mas sim porque como em todas as relações existem problemas.
    Intendo que gostavas de ter conheciemento mais cedo, mas já pensas-te que nem o teu namorado estava preparado para tal, por medo de te perder, ou mesmo por deixar de reprimir o que sente.
    Do que conheco da comunidade LGBT a comunidade bi já leva com muitos rotulos, que não passam de falta de conhecimento. Sempre namorei com raparigas bi e é tao igual ao litro.
    Aconselho-te a falares com ele e o apoiares, porque ele tambem deve estar a passar um mau bocado, se o amas realmente vais ver que isso é apenas um grão de areia.
    Nada de importante, força e boa sorte.

    ResponderEliminar
  10. Tanto preconceito nestes comentários! Tanta ideia errada que têm das pessoas bissexuais!

    ResponderEliminar