terça-feira, 8 de agosto de 2017

Segredo.08.10


18 comentários:

  1. Sim! É verdade..há pessoas que são espíritos maus.

    Nuno

    ResponderEliminar
  2. e, só por acaso, também acreditas que existem espíritos que nos podem fazer bem?

    ResponderEliminar
  3. Estou convencidissima..Se cremos na existencia de Deus/anjos/luz tambem faz sentido que exista o oposto Demonios/espiritos das trevas. Se repararmos o mundo sao dualidades: dia/noite,vida/morte...esta e a natureza deste planeta, porque haveriam as (muitas) coisas nao visiveis a olho nu nao obedecer as mesmas leis. Eu nao vejo espiritos/energias subtis mas sinto-as, o que para mim vai dar a mesma coisa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se acredita em Deus, também pode acreditar no Diabo, até ai tudo bem. Mas se acredita que Deus nunca se manifesta para não interferir com o seu livre arbítrio, porque acredita que ele, enquanto criador de tudo o que existe segundo o que diz a bíblia, deixaria que os espíritos demoníacos pudessem se manifestar para interferir com o seu livre arbítrio? Se um demónio aparecesse diante de si, isso não seria a prova irrefutável de que Deus existe? Sim porque, para existir um...tem que existir o outro...

      Eliminar
    2. E quem lhe disse que Deus nao se manifesta? Ele nao aparece a minha frente como nao aparece a sua mas isso nao quer dizer que nao se manifeste de outras formas. O nosso livre arbitrio continua a ser livre arbitrio mesmo se estivermos entre uma espada e um penhasco, a decisao de saltar ou nao e nossa...Mas que existem influencias a que estamos expostos sem termos consciencia delas estou convencida que sim..que existe muito mais a nossa volta do que aquilo que os nossos 5 sentidos sao capazes de detectar. Se o Francisco nao acredita esta no seu direito...eu tambem passei muito tempo sem acreditar...ha coisas que nao da para medir com uma regua.

      Eliminar
    3. E ja que evoca a biblia, queira saber que o demonio, lucifer ou o que lhe queira chamar era um anjo que foi expulso do ceu por ambicionar ser tao poderoso quanto Deus...o exilio desse anjo e na terra...e consta que nao estara sozinho. Ate existe a prece de sao miguel como proteccao, alias as oracoes catolicas (concerteza nas outras religioes vai encontrar tambem,pois em alguma altura beberam todas da mesma fonte) sao interessantes de analisar. Pense, sr pensador, as coisas por vezes nao sao tao obvias quanto parecem ser.

      Eliminar
    4. A Bíblia foi escrita por homens... Com a cultura e conhecimento de então. A religião é o ópio do povo e a melhor arma de manipulação e controlo.

      Eliminar
    5. Anónimo(21:22),

      Se existir "coisas" à nossa volta, como diz, elas não tem qualquer teor religioso. Muito menos uma religião cujas bases seguidas ainda hoje foram concebidas sob a protecção e patrocínio de um imperador romano (Constantino). Uma coisa é Deus e outra coisa são religiões. Tudo o que hoje sabemos sobre Deus baseia-se unicamente em relatos escritos e divulgados pela mão do homem, logo, não são credíveis porque foram sujeitas à subjectividade de várias pessoas. Homens que viveram cerca de 2000 anos atrás ainda por cima. Posso até acreditar que haja uma força no mundo, algo mágico, uma divindade, um Deus ou um Ovo estrelado, conforme o nome que cada um lhe quiser dar, mas não me passa pela cabeça que o homem tenha qualquer conhecimento sobre ele e as suas intenções à nosso respeito. Se Deus existir, repito, não sabemos rigorosamente nada sobre ele. Nem sequer se a natureza dele é boa.

      Eliminar
    6. Anónimo (21:29),

      Caro amigo, acho interessante todos esses contos infantis que ainda conseguem convencer muitos adultos. Então o Diabo foi expulso do céu e depois conseguiu aparecer outra vez por lá para tentar Adão e Eva? Se tinha sido expulso, como conseguiu ele entrar outra vez no paraíso? Quem é que lhe abriu a porta? As tantas fui eu e nem lembro...
      E, supostamente, tudo o que existe no mundo e arredores não é criação de Deus? Então, quem é que criou a ambição que fez com que o "Anjo" se tornasse "Diabo"? Se o anjo sentiu ambição, essa ambição teve que ser inserida dentro dele, certo? Ou nasceu sozinha? por milagre?

      Durante muitos anos fartei-me de pensar e já por isso as coisas tornaram-se tão óbvias. A mais óbvia é que o livre arbítrio não existe. Nós apenas seguimos os instintos da natureza com que fomos criados.

      Eliminar
    7. Caro Francisco, o paraíso era na terra...e voltando à questao do livre arbítrio esse episódio mostra-nos o quanto podemos ser influenciados sem disso termos consciencia..mas lá está, continua a chamar-se livre-arbítrio (e assim é). Tal como referi anteriormente, o planeta (quiçá o Universo) tem uma natureza dual - o fim último será o equilíbrio (luz/trevas, dia/noite...e porque nao bem/mal como duas forças contrárias que estao constantemente em oposicao, sem uma nunca chegar a a erradicar a outra? - os orientais falam de yin/yang, concerteza conhece o símbolo - e por isso mesmo referi que a dada altura todas as religioes que existem desde a antiguidade foram beber à mesma fonte - elas no fundo dizem todas a mesma coisa, o ego humano é que fez com que se entendessem como diferentes/antagónicas e passassem a ter rótulos (católica, protestante, hindu,...)- e aqui estou de acordo consigo que é um absurdo e que as religioes se "conspurcaram" com o intuito de dominar as massas... No entanto acredito que na sua essencia sao boas e necessárias, que tem um fundo de verdade, que a Bíblia contém muitos ensinamentos mas as pessoas nao sabem interpretá-la e ouviu-se durante milénios a interpretacao que os "senhores da Igreja" acharam mais conveniente...Um exemplo que me lembrei agora: toda a gente conhece a parábola do "dar a outra face" que Jesus nos ensinou...Eu acredito na bondade humana até me provarem o contrário, por isso dou sempre primeiro o meu melhor/a minha melhor face, mas se me provarem que nao a merecem darei a minha outra face (que provavelmente ninguém gostará de conhecer)..ou achava mesmo que Jesus nos ia dizer para deixarmos esbofetearem-nos? Eu nao preciso que me provem cientificamente a existencia de certas coisas, um dia quando mais jovem precisaria..a vida encarregou-se de me mostrar muita coisa...Hoje em dia vivo a minha espiritualidade com muita paz, sem fanatismos e sem necessidade de provas de nada...há coisas que nao se veem com os olhos, quando se aprendeu a sentir tudo faz sentido :)

      Eliminar
    8. Anónimo (18:07),

      Pode continuar a chamar-se "livre-arbítrio" mas nunca será um arbítrio livre já que somos tão bons ou maus seres humanos quanto a natureza nos fez. Li o seu comentário e concordo inteiramente com ele, inclusive a interpretação que fez à parábola de jesus, o que me deixou deveras surpreendido porque até aqui julgava ter sido o único a conseguir fazer essa interpretação (Dar a outra face = Mostrar a face mais negra). Foi uma surpresa gratificante. Mas aqui já noto da sua parte uma mudança acentuada no seu discurso. Já não estamos a falar de Deus mas sim de forças da natureza, que é como quem diz, a minha linguagem. Também partilho a opinião de que existe no universo 2 forças opostas em conflito permanente que eu chamo de "positiva" e "negativa" (Deus e o Diabo se virmos isto num plano mais religioso). Ambas se repelem e ambas se alimentam uma da outra. Se uma desaparece a outra também deixa de existir. Foi o conflito e comunhão dessas 2 forças que criaram a vida existente na nossa galáxia e provavelmente em muitas outras galáxias espalhadas pelo universo fora. Em tempos escrevi um post sobre esta matéria que ainda não publiquei no meu blog mas esta conversa está a dar-me vontade de fazê-lo.
      Enquanto agnóstico, não posso afirmar que uma coisa exista ou não, apenas afirmo que não é da minha responsabilidade saber se algo existe se esse algo não tiver a intenção de se revelar. Nem sequer pedi para nascer, logo, não devo nada a ninguém. Gostei dos seus argumentos mas na mesma conseguimos diferir num ponto. Ao contrário de si, não busco nem sinto necessidade de viver a minha "espiritualidade" nem coisa que se pareça. Nascemos, vivemos, morremos. Fim.

      Eliminar
    9. Francisco, você tem um Blogue? Gostava de o visitar.

      Eliminar
    10. Anónimo (11:16),

      Sim, tenho um Blog desde 2007 mas só ultimamente decidi dar-lhe um maior impulso.
      Chama-se Pensadorías & Trollitadas e a morada é:

      https://trollitadas.blogspot.pt/

      Eliminar
  4. Claro que sim 😊 e mesmo os que nos querem bem nos fazem mal. Porque não pertencem à terceira dimensão, onde estamos.

    ResponderEliminar
  5. N existe espíritos maus, existem é pessoas más , muito más...

    ResponderEliminar
  6. Não há espíritos maus, há apenas pessoas más e alguns esquizofrénicos que conseguem imaginar espíritos...

    ResponderEliminar
  7. Eu acredito que há pessoas más que nos podem fazer mal

    ResponderEliminar
  8. Quando for provado que existe vida noutros planetas, essas teorias de deus, espíritos serão completamente arrasadas.. ;)

    ResponderEliminar