quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Segredo.20.17


12 comentários:

  1. E você sente assim tanta obrigação de justificar-se? Se não gosta e não se sente respeitada por eles, diga-o simplesmente.

    ResponderEliminar
  2. Este segredo podia ser meu! Com 25 anos, nunca houve um único namorado, já me sinto suficientemente mal com isso para ainda ter de estar a levar com a bendita pergunta a toda a hora! Então ponho o meu melhor sorriso e digo que não há namorado, mas por dentro choro e muito! Se soubessem o quanto me magoam... E depois também há sempre o momento da comparação... A não sei quantas já namora há muitos anos, a outra vai casar... e por aí fora! Sinto-me tão mal!

    ResponderEliminar
  3. Se ainda não aconteceu foi porque não era a hora! Responda..."namoro comigo mesma e estou bem assim Obrigada"!

    ResponderEliminar
  4. Sei o que isso é, no meu caso a família já não diz nada, mas os meus amigos estão constantemente a mandar bocas. E depois de um homem que me usou e desapareceu e outro que me mentiu e magoou imenso, há 5 anos que estou sozinha. Se gostava de ter alguém? Sim, e muito! Se as pessoas soubessem o quanto ficamos magoados com as coisas que dizem, teriam mais cuidado de certeza. No entanto eu acredito que isto nos faz crescer e nos torna mais fortes. E talvez um dia a sorte nos sorria.

    ResponderEliminar
  5. "With or without you, I can live!"

    A sociedade não tem o direito de te dizer se deves ou não ter alguém, se és velha ou nova para namorar, se vais ou não ter filhos, etc.. As escolhas são nossas e devem ser tomadas no momento certo, quando dentro de nós surgir a resposta ou, neste caso, o sentimento por alguém que mereça que lhe abramos a porta da nossa vida. Até lá pensa na frase desta música dos U2 porque o importante és tu, o que os outros dizem não te pertence se te permitires ser autêntica :)

    ResponderEliminar
  6. Desculpe, não acho normal.
    Deixou de estar com a família porque se sente tão mal por estar sozinha que lhe custa ouvir a perguntar por quem não existe?
    Coitada da minha família que só conheceu o meu depois dos 30 :) - antes disso nunca apresentei ninguém - e ao contrário de si, sentia-me grata por ter família com quem passar os meus momentos.
    Reveja por favor as suas prioridades... isso assim é só... deprimente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ela não disse que deixou de estar com a família...
      Disse que, estar com eles já não lhe é agradável, devido às constantes conversas sobre algo que é inconveniente e que a mágoa.
      Antes de comentar, principalmente se for algo desagradável, deveria ler melhor a situação.

      Eliminar
  7. Pressão da sociedade. Nojento.

    ResponderEliminar
  8. Podes sempre entrar a matar... "A tia que já viveu mais anos e já tem mais experiência de vida, meta a mão na consciência e diga-me lá... Por 250g de chouriço, vale mesmo a pena ficar com o porco todo?"
    Comigo foi remédio santo... Nunca mais fizeram perguntas dessas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito bom. Ia dizer algo parecido ahahah

      Eliminar
  9. Eu percebo o que sente, estou igual. E só nos sentimos assim porque é uma coisa que também queremos mas dispensamos ser lembradas a toda a hora!

    ResponderEliminar