quarta-feira, 2 de maio de 2018

Segredo.02.14


9 comentários:

  1. Ando num dilema parecido!
    Relacao de 6 anos mas ja foram ditas tantas coisas que nao deviamos ter dito eoutras que foram feitas que fica dificil continuar, apesar, de termos um sentimento enorme que nos une acho que nao chega... Estamos em parte a tentar salvar-nos mas acho que ja nos perdemos a muito!

    ResponderEliminar
  2. Acabamos uma relação de 6 anos. Doeu muito, ainda dói quando penso no que poderia ser. Mas não mata e a vida, tem que seguir.
    SV

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida! Por muito que doa (e uma separação dói sempre, mesmo quando já não se ama) ninguém morre de desilusão. Dói, mas a vida continua.

      Eliminar
  3. Como te compreendo...é isso tudo.

    ResponderEliminar
  4. ... mas quando não se termina uma relação onde onde não há amor é como viver à beira do precipício... não se sente a segurança de um relacionamento estável, vive-se em ansiedade, vive-se sem alegria... uma situação não é fácil mas o passo que se dá também não... não se vive... sobrevive-se...

    RE

    ResponderEliminar
  5. Estou a passar por isso... Sem saber como reagir 😑

    ResponderEliminar
  6. O abismo não existe. É apenas uma lugar imaginário criado pela nossa cabeça no qual pensamos que nada existe. Um lugar onde deixámos de sentir o nosso chão. Mas se é necessário pôr um fim a essa relação, ao cair no abismo só está a garantir a si própria que iniciou uma viagem sem retorno possível...

    ResponderEliminar
  7. O fim de qualquer relação é um salto para o desconhecido. Não é o tempo da relação que determina a intensidade da mesma.

    ResponderEliminar
  8. Senti um alívio tão grande quando saí de uma relação doentia...

    ResponderEliminar