quinta-feira, 10 de maio de 2018

Segredo.10.17


56 comentários:

  1. Sei o que isso é. Para os outros é sempre muito fácil, nós é que não queremos ou não nos esforçamos. No meu caso, após tanto tempo, os meus amigos e familiares simplesmente deixaram de me chatear com isso. Também eu queria ter um namorado que me desse valor. Durante vários anos fiz más escolhas e agora já lá vão 5 anos sem ninguém, nesta altura em que os meus amigos começam a ter filhos. Aprendi a não me importar com isso, há outras coisas na vida, o que tiver de ser, será. Força. Não se deixe ir abaixo.

    ResponderEliminar
  2. já senti como tu. E continuo sozinha. Mas surpreendentemente, sem motivo nenhum, hoje foi o primeiro dia hà anos que voltei a ficar feliz por ver namorados na rua e não entrar em estado de 'só a mim não é que errado em mim'. Já namorei. Já fui feliz acompanhada e feliz sozinha. Tenho família e amigos que felizmente também já deixaram de me stressar com o assunto assim como já conheci quem goste de mim e me respeite ainda que sem envolvimentos, porque mais que querer, o que me apetece mesmo é namorar!
    Força.

    ResponderEliminar
  3. Não desistas... E sobretudo não percas a esperança. A minha mãe costuma dizer que "há sempre um testo para a panela"!

    ResponderEliminar
  4. Hoje em dia faço quase todos os programas sozinhas e aí que me sinto .. sinto falta de partilhar... tenho 35 anos e ainda acredito num amor para toda a vida, mas esta procura constante está a dar conta de mim... sinto me infeliz ... e sei que é quando menos se espera, mas também só quem passa por isto consegue perceber ...

    ResponderEliminar
  5. Tenho 22 anos e sinto-me igual... Posso ser nova, mas há quem comece a mostrar estranheza por eu nunca ter tido namorado. E, para melhorar tudo, a minha sobrinha de 15 anos (sim, tenho uma sobrinha 7 anos mais nova que eu) já tem namorado e vai começar a trazê-lo para as festas de família, o que vem evidenciar ainda mais a minha condição de solteira.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 22 anos não é assim tao estranho. Conheco várias pessoas na mesma situação, com essa idade.

      Já acho mais estranho trazer o namorado a casa com 15 anos :/

      Eliminar
    2. Ser solteira não é nenhum pecado capital. Preocupa te é a seres independente de forma financeira, quando o fores. Vai chover homens e serás tu a escolher. Até lá. Esquece isso do solteira, vive a vida.

      Eliminar
    3. O que tem a ver ser independente financeiramente com ter ou não namorado?

      Eliminar
    4. Eu tambem acho mil vezes mais esquisito ter um namorado aos 15 anos e trazer-lo para as reuniões familiares do que nao ter namorado aos 22.

      Eliminar
    5. Percebi o comentário das 00:41. Se tu fores independente eles não te veem como uma queca, se dependeres de terceiros és uma queca só te safas se tiveres família rica.

      Eliminar
    6. Espero que tenha sido dito com ironia.
      Ninguém merece ser diminuído por causa disso. Nos dias de hoje parece que tudo se resume à "casca" e ao bolso.
      Além disso, conseguir independência financeira( pelo menos total) e tudo o que isso acarreta é bastante complicado e demorado. Sem falar em casos que tiveram de regressar a casa dos pais por diversos factores.
      Mais tolerância, por favor.

      Eliminar
    7. Eu tenho 21 anos e meio e também nunca tive namorado. Acho que quando acontecer, acontece! Começo a perceber que o problema talvez seja precisamente a nossa ânsia por querer ter alguém. Até há algum tempo, também andava sempre a pensar nisso. Pensava que gostava mesmo de ter um homem ao meu lado, de partilhar sentimentos com alguém, de uma relação bonita. Farta de andar a pensar nisto, mudei o chip e pensei: "Melhora por ti! Vai aproveitando este tempo que estás sozinha para te tornares uma melhor pessoa!". E vou tentando ler, informar-me, formar opiniões, divertir-me, ser o que quiser, sem ninguém para me dizer nada. Quando o tal chegar, estaremos ainda mais preparadas e mentalmente maduras para estar numa relação. E acredito que vai acontecer quando menos esperarmos. Sem stress! :)

      Eliminar
  6. Entenda que as coisas nunca acontecem por acaso. Há sempre uma razão. Acho que talvez esteja a ser traída pela sua ansiedade, gerada pelo desejo excessivo de ter um namorado na sua vida. Quando vivemos obcecados com uma ideia, podemos não dar muita fé disso mas o nosso comportamento transparece imenso a energia negativa dessa nossa obsessão...e ninguém confia em gente que revela comportamentos obcecados porque fá-la parecer maníaca. Se você não tiver nenhum defeito físico que possa criar algum sentimento de repulsa inicial, não há razões para que seja tratada de modo diferenciado em relação às outras mulheres. Esteja calma e confiante, seja linda e sorridente, crie amizades (com gente solteira de preferência) e partilhe uma vida social com elas, e se alimenta verdadeiramente o desejo de partilhar a sua vida com outra pessoa, vai ver como também vai conseguir chegar lá. Boa sorte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sinceramente, estupidez de comentário tal como o da independência financeira e depois chovem homens! Muito bem intencionados, mas condescendentes e atirar areia para os olhos e sim projectarem que uma pessoas tem a sua vida e ser centrados nisso ao ponto de se moldar e cl dicionário só para!
      Quando gostam de nós e gostamos não é só por status, credos, dinheiros, e tdos os dias sorridentes e good vibes que transpiram energia nem que seja à base de drogas!

      Eliminar
    2. Anónimo das 11.51:
      O Francisco não me passou nenhuma procuração e, diga-se, já provou que se sabe defender muito bem. Umas vezes concordo com o que ele escreve, outras vezes discordo. Confesso gostar do sentido de humor e respostas satíricas que por vezes dá. Mas respeito quem não goste. Mas mesmo na divergência de opiniões há que ter fundamento e critério. É o mínimo quando se encara qualquer assunto de forma séria e adulta. Mas, convenhamos, depois de ler todos os comentários, centrar-se apenas e tão só neste comentário e apelidar o mesmo de estúpido soa-me apenas a uma tentativa muito fraca de chamar a atenção dele... Afirmar-se que uma pessoa deve assumir uma atitude calma e confiante é estúpido? Defender que uma pessoa não se deve deixar envolver pela ansiedade é estúpido? Se ele afirmasse que o melhor era a autora do segredo manter a tristeza ou deixar-se estar para ver se "choviam homens" era mais inteligente? Certo... Se afirmasse que a opinião que o Francisco emitiu não é por vezes suficiente e/ou fácil para algumas pessoas, até compreendia e subscrevia. Agora, apelidar de estúpido? Mesmo no coberto do anonimato o bom senso deve imperar.
      Agora, para a autora do segredo: Sem deixar de ser quem é, adopte uma atitude positiva perante a vida e não se deixe cair na depressão. No alto dos meus quase sessenta anos posso afirmar que uma das maiores lições que a vida me deu é que as melhores coisas acontecem quando não estamos à espera.

      Eliminar
    3. da mesma forma que leu tudo e aqui veio pegar, o mesmo acontece com os demais. E se quer entrar em preciosismo pelos adjectivos aplicados, como se muitos por mais intencionados não sejam apologias ao lado sobre o que muitos efectivamente sentem até quando por exemplo vêm a fóruns deste espraiar segredos ... estupido no sentido de dogmas, preconceitos, prejulgamentis lestos como se tudo fosse preto e branco sem matizes e todos a nos conformarmos aos mesmo moldes ou tudo errado e avariado.

      Eliminar
    4. Anónimo(16:09), e pela primeira vez desde que frequento o Shiuuuu...alguém conseguiu deixar-me sem palavras. Como disse, e bem, nunca precisei que tomassem a minha defesa mas a forma como o fez deixou-me extremamente encantado. Não sei o que dizer. Ou melhor, sei. Muito obrigado. :)

      Eliminar
    5. Anónimo(11:51 e 17:09), não sei que género de substância psicotrópica anda a tomar, mas se no seu primeiro comentário achei natural que pudesse ter as ideias baralhadas e não fosse possível a ninguém perceber nada do que quis dizer, no seu segundo comentário, como voltou a embaralhar tudo de novo seria suposto ter as ideias mais direitas, mas não...foi pura ilusão de óptica, pois a única coisa que conseguiu fazer foi tornar tudo ainda mais confuso.

      Não sei que língua você fala mas português não é seguramente. Os seus comentários parecem quase aquelas traduções manhosas que se costuma fazer no "google translate" de mandarim para português...

      Eliminar
    6. E na falta de argumentação ou esforço de entendimento da diferença, o único que o exm comentador de servoço francisco soube fazer foi tentar insultar. Inclusive com recurso a alusão depreciativa de estigmas de clareza mental.
      Leia-a livros, saia à rua, interaja com pessoas reais e large a net .... troll

      Eliminar
    7. Anónimo(16:05), já melhorou bastante, mas ainda assim...acho que ainda lhe falta só mais um niquinho de "clareza mental". Mas descanse que está quase lá! Força nisso...

      Eliminar
  7. Tenho 27. Nunca namorei e pior, ainda sou virgem. Não, não sou nenhum monstro, nem física, nem psicologicamente. Sei que o tempo foi passando e as coisas comigo nunca aconteceram. Nunca fui correspondida. Já não consigo acreditar que vá acontecer. Há pessoas que ficam sempre sozinhas. Fim.
    Não há sempre um testo para cada panela, algumas nascemos frigideiras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sei que a situação é séria e não tem nada de cómico, mas esta última frase fez-me rir. É preciso muita coragem para aceitar que simplesmente há coisas que não vão acontecer na nossa vida e pronto. Não digo que a anónima nunca terá ninguém, não sabemos o futuro, mas estar de bem com essa possibilidade é de louvar.

      A vida é mesmo assim. Há efetivamente pessoas que viverão a sua vida sem uma companhia romântica e está tudo bem com isso. Não temos todos que namorar, casar e ter filhos, partilhar a vida com uma pessoa para sempre, só porque é o que a maioria das pessoas faz.

      Eliminar
    2. Não perca a esperança (mas também não ande desesperada). :) Tenho uma amiga linda e óptima pessoa mas que se manteve sem namorado (e virgem) até aos 30 anos. Ninguém a conquistava, as homens que se interessavam por ela não lhe interessavam. Aos 30 anos apaixonou-se e foi viver junta com ele. Até hoje estão bem e felizes e já se passaram uns anos. Só precisava de encontrar a pessoa certa. :)

      Eliminar
    3. Anónima das 22.32, deixe as coisas acontecerem. Aqui deste lado, 27 anos e só perdi a virgindade aos 26 :) Também nunca tinha namorado, só uns namoricos sem importância sem sentir qualquer ligação emocional com as pessoas e começava a achar que era um caso perdido, que nunca ia conseguir ter uma relação a sério. E de um momento para o outro aconteceu e já lá vão 1 ano e 8 meses de namoro. Apareceu alguém que me aceitou, me amou como sou e todos os medos que tive (inclusive que me achasse muito estranha por ser virgem tão "tarde"), não se concretizaram. Não perca a esperança! Agora, claro, não fique à espera que o rapaz lhe bata à porta por artes mágicas. Procure conhecer pessoas, envolva-se em atividades, faça voluntariado, etc, socialize! Saia da caixa e terá uma surpresa. Beijinho

      Eliminar
  8. No meu caso, passei muitos anos a achar que nunca ia arranjar namorado por ser gorda. Quando cheguei à idade adulta, percebi que não nasci para ter um relacionamento e estou feliz assim. Tenho, neste momento mais de trinta anos e ainda não arranjei namorado porque não quero, não preciso nem me faz falta. Porém, é muito complicado enfrentar o mundo com essa postura. Sempre que me perguntam se tenho alguém. Não tenho pudor em responder que não quero namorar e nunca me senti pressionada por ninguém para namorar/casar/ter filhos. Não preciso disso para me afirmar. Não quero ser daquelas pessoas que namoram/casam/têm filhos pelas razões erradas como a maioria das pessoas faz e dão-se mal no futuro. Sobre o segredo, acredito que a autora foi vítima da mentalidade em que é mal visto uma mulher estar sozinha e só é séria se tiver alguém'.

    ResponderEliminar
  9. Instala o Tinder.. posso parecer cliché mas para conhecer pessoas novas é preciso fazer algo, e por-se a jeito. Ou fale com amigas para lhe arranjarem um arranjinho.. Sim confesso conheci o meu namorado de longa data por lá.. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para quem nao gosta de one night stands o Tinder é muito complicado. Funciona unicamente pelo aspecto fisico.

      Eliminar
    2. Conheço dois casais (já casados e tudo) em que os respectivos elementos se conheceram no tinder.

      Eliminar
    3. Não tem nada a ver com one night stands, o tinder tem muitos tipos de pessoas. Cada um procura e estabelece o que lhe interessa.

      Eliminar
    4. Eu conheci o meu atual namorado no Tinder!

      No Tinder há muita gente a procurar mais que uma "one night stand". É uma questão de se conversar e abrir o jogo de início.

      Eliminar
    5. Também conheci o meu namorado há 2 anos no tinder :)

      Eliminar
    6. Meninas.
      O Tinder E´para one night stands, o Be naughty tambem, da mesma maneira que o secondlove é para relaçoes extra-conjugais , ou que o meetic é focado para relaçoes de longa duraçao. Há tambem sites só para religiosos se apaixonarem, há sites focados só para fetiches sexuais especificos.
      Tudo tem um nicho e um publico alvo.

      Agora se vêm dizer que encontraram namorado no Tinder, acredito, nao duvido, mas nao é esse o foco do Tinder, isso sao as excepçoes. Dizerem nunca usaram o Tinder para one night stands e que foi so para arranjar namorado, isso sao as excepçoes, nao é a regra.

      Eliminar
  10. Realmente hoje vivemos tempos estranhos. Tanta liberdade e tanta dificuldade para amar.

    ResponderEliminar
  11. Existem festas para singles, mesmo que não arranjes namorado, sais e divertes-te (conheço quem tenha ido e gostou bastante!)...ter um namorado não é o objetivo ultimo da vida...eu conheci o meu marido quando andava sem paciência para namoros.

    ResponderEliminar
  12. Houve uma altura em que me sentia assim, triste por não ter ninguém e por isso mesmo fiz aquele que na minha opinião é a maior parvoíce que se pode fazer, ficar com o primeiro que me apareceu tal era o medo de ficar sozinha. Naturalmente não correu bem.
    Hoje com 31 continuo sozinha e sinceramente gosto de estar assim.

    ResponderEliminar
  13. Vou ser muito sincera. Acho que as pessoas gostam muito de tapar o sol com a peneira "oh para mim tão feliz sem ninguém para amar". Tretas. O ser humano é um ser social e não foi feito para estar sozinho.A pessoa tem amigos, tudo bem, mas no fim do dia os amigos voltam para as suas casinhas com os respetivos e nós não. Acredito que devem existir pessoas que não necessitem de relações românticas, assim como há pessoas assexuadas (só um exemplo). Agora não é a norma. O Francisco tem razão numa coisa, quando as pessoas estão desesperadas, isso revela-se no seu comportamento. E a atrair só atraem porcaria. Há várias questões que podem fazer com que seja mais dificil arranjar um par. Aqui, acho que um psicologo pode ajudar. Se a pessoa se sentir minimamente bem consigo própria, vai procurar hobbies e atividades novas, e é nesses contextos que tropeça em outras pessoas. Todos temos bagagem, agora a pessoa tem que ter a sua bagagem minimamente arrumada se quer atrair alguém decente. Desporto, psicólogo, leituras..o que funcionar. No meio dos charlatões do fb há um senhor que até diz umas coisas acertadas, veja: Matthew Hussey.
    JF

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já estou sozinha há algum tempo e não tenho necessidade de ter alguém em casa à minha espera e não, não sou assexuada e também não preciso ter um companheiro para ter sexo.
      Amo a minha família e os meus amigos.
      São perspectivas de vida, nem todos são iguais e sou realmente feliz assim, tenho as minhas necessidades sociais totalmente preenchidas.
      O problema acho que se prende quando as pessoas acham que precisam de ter um relacionamento para serem felizes, como se isso fosse a fórmula secreta para a felicidade mas não é, o que não falta são relacionamentos que deixam as pessoas infelizes (há imensos exemplos disso em segredos aqui do Shiuuu).
      Aquela história do "casaram e viveram felizes para sempre" não existe.

      Eliminar
  14. Anónimo das 17.09:
    Num aspecto dou-lhe razão: a vida não ´tem duas cores. Os afectos não são pretos ou brancos. E é por isso mesmo que não julgo ninguém quanto às suas opções e posturas face à vida. Mas com o mesmo argumento não aprecio quem se arroga de inteligente e coloca epítetos como "estupidez". O que para si é estúpido, para outros pode não ser. E o inverso é rigorosamente verdadeiro.Se alguém foi preconceituoso, foi o(a) anónimo (a), porquanto tomou como certo ser detentor(a) de toda a verdade e os outros só são capazes de escrever comentários estúpidos. Quanto aos adjectivos utilizados, não é preciosismo. É, como a minha avó dizia, "ter bebido chá em pequenina".Ah, e não parei só aqui. Cumprimentos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. a sério?! deve haver algum erro de projecção e até humildade para se ler e autocrítica.
      Mas, é para o lado que durmo melhor o que queira me julgar e como. Continuarei a chamar estupidez tudo o que crítico de bancada fixo desta casa disse sobre algo tão sensível às pessoas quando cada caso e cada pessoa são particulares E NÃO HÁ SOLUÇÕES MÁGICAS NEM EXISTE ESSA TRETA de ah e tal precisamos de ar para respirar mas o oxigênio até foge em direcção oposta em respulsa. Sabe para mim, está ao nível da ESTUPIDEZ de associar karma a cancros. Passe bem.

      Eliminar
    2. Anónimo(11:28), para mim estupidez é não saber usar pontos e virgulas nos comentários. Mas lá está, são opiniões. Quem lhe disse que os pontos só eram metidos no fim do texto, enganou-o(a) muito bem...ou então sabia tanto como você. :)

      Eliminar
    3. palmas! tardava o nazismo gramatical! E de pasmar como saramago foi nobel?!
      Autora do segredo: relativizar e não leves a peito. Eis bons exemplos that nobody expects the spanish inquisition!

      Eliminar
    4. Anónimo(17:43), Woodrow Wilson um grande defensor da segregação defendida pela Ku Klux Klan e o terrorista Yasser Arafat também ganharam o Nobel da Paz, segundo se consta...e aposto que também deve ter pasmado muita gente.

      Como vê...não há como injuriar a gramática de alguém para aparecer logo pontos, virgulas, e até pontos de interrogação e de exclamação. Só pelo esforço que fez agora, acho que você também já merecia receber um Nobel da literatura...já que este ano ele não vai ser entregue a ninguém...

      Eliminar
    5. jan percebi, o seu problema é excesso de tempo livre e falta de atenção. Lamento mas nem lhe alimento mais esse parâmetro do ego menos ainda cair em desviar do essencial.

      AUTORA DO SEGREDO: não leves a peito! Acredita que és uma pessoa incrível, cheia de valor e potencial e há quem veja isso é prefira e escolha isso. Todos os dias boas coisas acontecem a mas pessoas, e vice versa. Há seres abjectos insuportáveis que tem duas e três a fazer de idiotas doentes à sua volta. Merecem, não! Mas também ninguém é assim tão feliz ou dura tanto assim. Doi, faz falta companhia. Todos carecemos de contacto humano até para equilíbrio psíquico e emotivo. Um dia acontece, Acredita! E mais, é ver tudo a se divorciar e separar e queixar e tu sossegada BEM acompanhada para até nem reparares. Beijos e abraço forte! E não, não estás sozinha e que se dane a opinião ou julgamentos alheios de fora.

      Eliminar
    6. Anónimo(23:58), e o essencial foi aquilo que você disse à autora do segredo. Podia ter tido "clareza mental" suficiente para partir logo por ai em vez de virar-se para mim com toda esta conversa de chacha.

      Eliminar
    7. José Saramago não concorda com isso dos pontos e virgulas...

      Eliminar
    8. Anónimo(16:08), isso não é verdade. O José Saramago inovou na forma como se utiliza o ponto e a virgula, mas nunca eliminou dos seus textos a pontuação. Fê-lo apenas de uma forma muito peculiar.

      Eliminar
    9. O anónimo tbm utilizou a pontuação de forma peculiar.

      Eliminar
    10. Anónimo(12:34), mas a grande diferença é que consigo entender muito bem a peculiar pontuação dos textos do Saramago, mas a peculiaridade dos comentários do anónimo....nem por isso.

      Eliminar
    11. Isso é porque não tem sensibilidade suficiente.

      Eliminar
    12. Anónimo(10:15), para perceber este anónimo, teria que ser hipersensível...mas como não sou, prefiro limitar a minha sensibilidade para aquilo que é verdadeiramente importante.

      Eliminar
  15. Tem um site de relacionamentos chamado Tinder e também Badoo!

    ResponderEliminar
  16. Eu, autora do segredo, fiquei estupefacta com as coisas que aqui estão escritas, todas as opiniões são válidas.

    Mas tenho total estabilidade financeira, sou independente, não sofro com o estigma da sociedade, mas gosto do "amor", de partilhar a vida... de fazer planos... a minha parte emocional deixa-me desejosa que tal aconteça e ultimamente esta necessidade tem trazido problemas emocionais à minha vida...

    Fui casada, divórcio aos 30... tenho 35... está resolvido..
    Mas há um desejo forte dentro de mim amar e voltar a amar... apenas isto!

    Há dias difíceis, outros que já não me fazem pensar e vou aceitando...

    Queria acrescentar isto para que quem comenta saiba aquilo que realmente sinto, afinal este é um site para partilhar sem receio de ser julgado...

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Por vezes deixamos que o Amor se escape por entre os nossos dedos. Andamos constantemente à procura de algo que nem sequer sabemos o que é.. A insatisfação é o pior dos inimigos quando se trata de Amar alguém e manter a chama acesa. Já amei e já fui amado. Voltarei a amar e a ser amado. É algo que tenho como certo.

    ResponderEliminar
  18. boa tarde sou homem solteiro tenho 36 anos desde que fiquei cego nunca mais tive ninguem não foi por opçao mas sim porque nunca mais tive a sorte de ter alguem. Na minha opiniao tambem muito por motivo da minha cegueira ecoisa que não tenho como evitar mas a vida é assim mais facil para uns do que para outros cada um vive os problemas a sua maneira uns mais facil de viverem a vida sozinhos outros sentem muito isso e claro tem sempre como objetivo ter alguem construir familia etc cumprimentos para todos sérgio já agora se alguem quiser falar comigo só que seja por amizade podem pedir meu contacto ao shiu

    ResponderEliminar