sexta-feira, 18 de maio de 2018

Segredo.18.17


14 comentários:

  1. Muitos são, os sentem saudades desse tempo.

    Nuno

    ResponderEliminar
  2. E quando terminares vais perceber que foram os melhores anos da tua vida. Quem me dera poder voltar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porquê? Se os seus foram, óptimo. Não o são para todos. Eu não trocava a vida adulta pela vida de estudante. Deus me livre...

      Eliminar
  3. Aproveita este tempo...que saudades..também senti o mesmo...que burra fui.

    ResponderEliminar
  4. HAHAHAH
    Coitadinha!
    Há alguém que tem a bondade de lhe explicar a verdade???
    Minha pobre amiga, aproveita que esses são mas é os melhores anos....
    As chatices ainda nem começaram

    ResponderEliminar
  5. É verdade, sim. Comecei a viver no dia em que comecei a trabalhar.

    ResponderEliminar
  6. Pessoal, os melhores anos nem sempre são os de faculdade.... Nao para toda gente.

    ResponderEliminar
  7. Se eu pudesse, contava os dias, as horas, os minutos e os segundos para voltar a ser criança/adolescente ;)

    ResponderEliminar
  8. Tive uma experiência de faculdade fantástica, mas não acho que foram os melhores anos da minha vida. Mil vezes mais ter que trabalhar, ter que pagar contas e todas as chatices da vida adulta, do que ser estudante de novo. Nada paga a nossa independência, o estarmos no caminho certo para conquistarmos os nossos objetivos e realizar os nossos sonhos...

    Aquelas horas todas enfiada em livros, sacrifício da vida pessoal pelo estudo, não poder aproveitar muitos feriados, fins de semana e dias de festa porque se tem que estudar... Não queria isso de volta! Mesmo que o trabalho seja mais exigente a outros níveis. E, repito, fui muito feliz enquanto estudante. Só acho é que há muitas coisas bem melhores em ser adulta, ter o meu trabalho e ser independente. Acabar o curso foi das maiores sensações de libertação, de alívio, que senti na minha vida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou autora e é exatamente isso que sinto! Que bom encontrar alguém que sente o mesmo que eu. Obrigada por partilhar isso comigo.

      Eliminar
    2. Partilho convosco o mesmo sentimento. E eu até gostava de estudar, mas prefiro muito mais toda esta vida de outras chatices e responsabilidades.

      Eliminar