sexta-feira, 25 de maio de 2018

Segredo.25.14


17 comentários:

  1. já tive um assim... nojo da menstruação... mais tarde nojo das fraldas dos filhos, nojo da baba deles, nojo das sopas deles... até que EU ganhei nojo dele mesmo

    ResponderEliminar
  2. Ele é que deve ter consciência do quão natural o processo é.
    Há que ponderar até que ponto vai essa infantilidade, e mais, que idade ele tem? 17 ou 37? Para mim, há comportamentos mais ou menos admissíveis em determinadas idades, mas a partir de uma certa altura, não há paciência, não...

    Boa sorte!

    ResponderEliminar
  3. Homens que continuam infantis e nunca se tornam adultos, para mim nem servem como namorados!

    ResponderEliminar
  4. Pois eu gosto muito de crianças e ainda mais da criança que vive em mim - que é o melhor de mim - apesar de já ser avô. Da menstruação não gosto nada - nem elas gostam de andar com ela - mete-me nojo e também acho uma porcaria. Dou-te um conselho de uma mulher velhinha que um dia me me disse o seguinte: Rapaz, a mulher nunca deve mostrar as fraldas todas a um homem. E olha que isto também serve para vós, homens..."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obviamente que ninguem gosta de estar menstruada. Mas não têm nojo (a maioria), é algo natural.
      Pergunte aos homens se acham nojento quando ejaculam.

      Eliminar
    2. "Mete.me nojo e também acho uma porcaria"
      Estas palavras ecoaram em mim e demorei a perceber se estava mesmo a lê.las!

      Eliminar
  5. Depende até que ponto é criança...as fezes também são naturais e não espero que o meu marido se sinta à vontade para mexer no papel higiénico sujo de caca e não é por isso que o acho criança. Pessoalmente quando vou a casas de banho publicas e algumas senhoras deixam os tampões com sangue ali a mostra também me enoja.

    ResponderEliminar
  6. Eu nao sinto nojo do meu sangue da mestruacao mas tambem nao quero ter que olhar para o sangue ds outras mulheres, nao me considro infantil por causa disso.

    ResponderEliminar
  7. Alguns sentem nojo sim e é meio decepcionante pois a menstruação é um período que a mulher fica muito muito mais excitada (pelo menos no meu caso). Transar menstruada é um repartir a intimidade da vitalidade de ser mulher

    ResponderEliminar
  8. Ela disse "tudo o que está relacionado com menstruação".
    Pergunto-me se ele é daqueles que nunca compraria tampões/pensos caso não te fosse possivel ires compra-los.

    ResponderEliminar
  9. Embora a menstruação seja algo natural a verdade é que não acho assim tão estranho aquilo que o seu namorado sente. Como mulher não tenho nojo da minha menstruação, mas tal como acontece com as anônimas anteriores não me entusiasma particularmente deparar-me com tampões ou pensos utilizados por outras pessoas.
    De qualquer forma se esse nojo dele vai ao ponto de nem ser capaz de lhe comprar um pacote de pensos, bem aí já é um bocado infantil.

    ResponderEliminar
  10. E qual o problema?
    Eu tenho nojo de cócó e é algo natural.
    Tenho nojo do vómito e é algo natural.
    Posso desmaiar se vir entranhas ao vivo e é algo natural.
    Eu tenho nojo da menstruação das outras mulheres. Quando vejo um penso ou um tampão jogado no chão cheio de sangue de outra mulher sinto nojo.
    Tenho nojo do esperma de homens outros que o meu.
    Tenho nojo de baratas e são animais como outros quaisquer. Tenho nojo de cabelos no prato e cabelos são coisas naturais. Tenho nojo do ranho de terceiros e é algo natural.
    O nojo não se controla. É mesmo algo normal que toda a gente sente por coisas diferentes. O nojo é sempre sobre algo normal ou natural. Ter nojo da menstruação é um nojo como outro qualquer e não é nem melhor nem pior.

    E isso não me impede de mudar fraldas ou limpar vomitado. Ou de caçar baratas quando as tive. Ou de limpar o ranho a uma criança.

    Criança é você que não sabe que isso não tem nada a ver com idade.

    Suponho que os nojos que você sente são todos artificiais.....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo(19:37), ia comentar mas vejo que já não é necessário. De uma forma muito sucinta, você acabou por dizer tudo aquilo que gostaria de ter dito. Parabéns. :)

      Eliminar
    2. Engraçado é você dizer que sente nojo do sangue das outras e do esperma dos outros, mas pergunte ao seu parceiro se só sente nojo pelo sangue das outras e não pelo seu xD

      Esperma já não é tão socialmente aceitável a ter-se nojo. É "fixe".

      Eliminar
  11. Se o tudo o que está relacionado se referir por exemplo à mera conversa sobre a menstruação ou algo do género então tb acho que ele é infantil, sim.

    Conheci alguns bebés em tamanho xxl para os quais a noção que as namorada tinham menstruação era nojenta.
    Hello ... Se não tiverem uma relação com uma criança ou alguém com problemas de fertilidade é praticamente impossível namoratem com uma mulher que nunca esteja menstruada.

    ResponderEliminar
  12. Compreendo os comentários anteriores que referem o nojo como natural, uma vez que também acho que sim. A diferença é o que fazemos com esse nojo. Temos nojo de muitas coisas mas temos que estar em contacto na mesma com essas coisas e está tudo bem. A questão é até que ponto esse nojo dele pela sua menstruação compromete a relação, o dia a dia. Tipo, tem tanto nojo que não se aproxima de si nessas alturas? Não é capaz de a abraçar ou beijar porque sabe que está menstruada? Ou simplesmente não quer ver pensos/tampões sujos (quem quer??), não quer ser ele a ir comprar tampões/pensos, não quer ter relações sexuais? Acho que há uma diferença grande entre ter nojo do sangue da menstruação (afinal de contas, eles não têm menstruação, não convivem com isso, não sabem realmente como é) e ter nojo da pessoa que está menstruada.

    ResponderEliminar