segunda-feira, 28 de maio de 2018

Segredo.28.14


15 comentários:

  1. as pessoas têm todos os direitos...
    e tu tens o dever de ignorar em lugar de odiar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, não têm todos os direitos...
      E ela pode odiar os comportamentos que quiser, visto que há gente que não tem o bom senso de não meter o nariz na vida dos outros.

      Eles sabem lá se eles tem algum problema q os impossibilite de ter filhos. Ou se eles querem.

      Eliminar
    2. As pessoas têm todos os direitos??? As pessoas têm todos os DIREITOS e você é que tem o DEVER de aguentar??? AHAHAHAHAHAH Você deve passar o dia a engolir sapos.

      Eliminar
  2. Como é que uma decisão tão íntima e tão pessoal pode incomodar tanto os outros ao ponto de acharem que devem interferir ou até tentar fazer a pessoa mudar de ideias? Eu próprio, numa determinada fase da minha vida, decidi juntamente com a minha companheira, não ter filhos e sentimos na pele esse preconceito. Essas pessoas que o fazem, parecem ter o titulo de identidade divina. Já não há pachorra.

    Nuno

    ResponderEliminar
  3. Há aqui duas coisas.
    Uma é a questao de ter ou nao filhos que é individual e ninguem deveria ter opiniao sobre esse assunto.
    A outra que tem a ver com a sua ultima frase que tem a ver com a sua afirmaçao da constataçao do obvio, e o irritante e patetico que isso é.

    Um exemplo pessoal, eu sou obesa há uma decada e oiço todos os dias de alguem, seja familiar, seja colega, seja um desconhecido numa loja, que tenho excesso de peso, TODOS OS DIAS alguem se lembra de me avisar de alguma forma, como se fossem muito inteligentes e os unicos a ter espelhos e balança em casa.

    ResponderEliminar
  4. Eu não entendo esta pressão social para se ter filhos, quanto mais definir idade para os ter. Parece que fomos criados para obrigatóriamente sermos férteis e nos reproduzirmos. Que nem animais irracionais.

    ResponderEliminar
  5. as pessoas são tão idiotas, meu Deus!

    A decisão de ter filhos é de cada um, a decisão de casar é de cada um, a maneira como se educa os filhos é de cada um..
    Mas mesmo assim, quando toca a tomar decisões pelos outros e a criticar todos sabem mais do que nós.

    E podem chegar mesmo a ser inconvenientes, elas sabem lá se o casal tem algum problema de fertilidade, por exemplo

    Olhem, qualquer que seja a vossa decisão felicidades. E que não sejam levados nunca a tomar decisões com base naquilo que os outros queren fazer da vossa vida

    ResponderEliminar
  6. Eu nao entendo esses comentários quando hoje em dia há tantos casos de infertilidade, que vão ser cada vez mais... Imagino que magoe horrores ouvir comentários desse género quando se anda há anos a tentar e não se consegue. Por isso me abstenho sempre de comentários. Acredito que ninguém faz por mal, mas como não sabemos "o que vai dentro do convento" mais vale não falar no assunto.

    ResponderEliminar
  7. A conversa só vai até onde a gente a deixa ir, logo, porque razão alimentam esse tipo de conversa?
    No dia em que deixarem de se importar com os comentários dos outros e responderem com desprezo e silêncio, vão passar a conhecer dois novos sentimentos na vossa vida. Liberdade e Paz de espírito...

    ResponderEliminar
  8. Acho que um casal só deve afinar quando as mesmas pessoas continuam um sem fim de vezes a levantar essa questão. Se um familiar ou pessoa desconhecida tocar esse assunto.. deve-se compreender e explicar a opção escolhida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Discordo Sky, acho que as pessoas não devem dar satisfações a ninguém das opções que decidiu tomar na vida, e muito menos às pessoas desconhecidas. Se alguém tocar no assunto, ainda que seja um familiar, e a outra pessoa não sentir-se confortável em querer responder...mata-se o assunto com um silêncio esclarecedor. Simples. Faço isso muitas vezes e resulta sempre.

      Eliminar
  9. Tem gente que gosta de dar opinião em tudo.

    ResponderEliminar