quarta-feira, 30 de maio de 2018

Segredo.30.10


5 comentários:

  1. Vou-te dar a minha opinião, como pessoa que esteve (ou está) do outro lado:

    É muito difícil para nós continuarmos os mesmos. O meu namorado também achou que eu me estava a afastar, que me estava a perder. Mas no auge da doença e dos tratamentos eu não tinha mesmo energia para me dedicar a ele como me dedicava antes. Não é por mal... Mas o entusiasmo fica que perdido ou é esmagado pelos químicos. Eu sei que é difícil, mas para quem está ao nosso lado nem sequer tem noção do que passamos. E temos tanto com que nos preocupar...

    ResponderEliminar
  2. De certeza que ele “não está distante de ti” como tu pensas que está! Apenas está a passar um mau bocado da vida dele e está diferente. Tenta compreender esta fase dele, que não é nada fácil e boa sorte para ambos, que tudo corra e acabe bem!

    ResponderEliminar
  3. Então a pessoa anda a sofrer com uma doença mortal e um tratamento quase tão mortal e doloroso e você só pensa em si e o ele estar distante de si??? Haja paciência..
    Quando uma pessoa sofre imenso é normal que esteja distante! É normal pensar noutra coisa que na companheira e andar extremamente deprimida!
    Pare de ser egoísta e pense um bocado o que é sofrer dum cancro.... estima-se com sorte de não ser você do outro lado

    ResponderEliminar
  4. Ele esta a lutar pela vida, o modo sobrevivencia e' a prioridade, nao e' dar atencao aos outros.

    ResponderEliminar
  5. É muito difícil, força!!!

    ResponderEliminar