quinta-feira, 21 de junho de 2018

Segredo.21.15


14 comentários:

  1. Se eu fosse tua mãe, entendia perfeitamente! "O importante é estares bem contigo proprio! Os outros que se lixem". Era o que te dizia. :)

    ResponderEliminar
  2. Pois, acho que devias definir melhor a tua sexualidade.

    Nuno

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó Nuno, você é chato!
      E se a pessoa não precisar de definir a sexualidade? Se for feliz a gostar de 2 sabores?

      Você cansa, pá. Tanta treta, espero que a sua vida seja tão limpinha quanto aqui mostra.

      Eliminar
    2. A função de alguns leitores do Shiuuu é perseguir outros leitores. O anónimo das 18.21 é um deles. Provavelmente não contribuiu com nada para ajudar o autor do segredo e ainda por cima tem inveja de gente com "vida limpinha" . O Nuno deu a sua opinião, que acho correta.

      Ana

      Eliminar
    3. O autor do segredo parece-me bissexual, não há nada para definir...

      Eliminar
    4. Anónimo das 21:31, até você tem duvidas.

      Eliminar
    5. Anónimo das 09h36 não tenho quaisquer dúvidas sobre a minha sexualidade. Interpretei o segredo como se tratando de uma pessoa bissexual, neste caso não há dúvidas. Caso não seja este o caso e o autor esteja realmente com dúvidas concordo com o Nuno, deve definir primeiro a sua sexualidade e só depois pensar no resto (pais, etc).

      Anonimo das 21h31

      Eliminar
  3. Anónima/o das 18.21: Aquilo que você pensa de mim é o lado para o qual durmo melhor. É limpinho, limpinho.

    Nuno

    ResponderEliminar
  4. Para quê afligi-los antecipada e desnecessariamente...se nem você sabe qual vai ser o caminho que vai trilhar? Tomando em consideração que você seja uma mulher, no futuro se os seus pais tiverem um genro, não terá de explicar rigorosamente nada...mas se se tiverem uma nora...então nessa altura (e só mesmo nessa) terá razões para preocupar-se em dar as explicações que julgar adequadas...

    Não sei aquilo que os seus pais irão ganhar, mas se você se preocupa sempre assim tanto com a opinião deles, sei de uma coisa que eles nunca irão perder, uma filha...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Será melhor eles só saberem quando o autor aparecer com o(a) respectivo(a) para o jantar de noivado? Hoje em dia já não se apresentam os namorados aos pais? Não há nada como uma conversa séria e franca, o quanto antes... Se descobrirem por outras pessoas, vai ser pior. Boa sorte!

      Eliminar
    2. Anónimo(06:54), depende do meio social onde se vive mas hoje em dia acho que se perdeu o hábito de apresentar os namorados aos pais. Quando são apresentados é porque já existe ali a intenção de casar. Isso não quer dizer que os pais não saibam quem são os namorados das filhas, mas enquanto for só diversão e não houver nada "sério", não há necessidade de se criar confianças, até porque as confianças muitas vezes podem trazer à reboque certos tipos de abusos. Assim, se um dia a autora do segredo ficar encantada por uma mulher e quiser casar com ela, não tem que aparecer com ela apenas no jantar do noivado mas também não tem que afligir os pais com essa possibilidade sem que ela tenha sequer acontecido. Uma conversa séria e franca sim...mas apenas quando for estritamente necessário. Antes disso, serviria apenas para criar mau ambiente dentro de casa porque os pais poderiam ficar tentados a querer tirar essa "ideia maluca" da cabeça da filha e iam estar constantemente a pressioná-la com a velha história da vergonha - condicionando dessa forma a vida dela - quando é sabido que hoje em dia isso é considerado perfeitamente normal.

      Eliminar
  5. Embora entenda que para alguns pais não seja fácil aceitar a sexualidade dos seus filhos, isto no caso de ser algo diferente da heterossexualidade, como a bissexualidade, que é seu caso, acredito que o amor fala sempre mais alto.
    Na minha perspectiva, enquanto mãe de um transexual, acho que deveria contar-lhes. Tente contar ao que lhe parece que vá entender melhor a situação, e talvez ele a ajude com o outro progenitor.
    O que os outros pensam, os de "fora", não é muito importante, mas os pais têm grande importância e impacto nas nossas vidas.
    Desejo-lhe sorte e, acima de tudo, desejo que possa viver a sua sexualidade em plenitude, sem fantasmas ou medos.
    IR

    ResponderEliminar
  6. A verdade acima de tudo... agora depende sempre da forma como aborda a questão com os seus pais.
    Do que conhece deles, irão aceitar a sua bissexualidade com preconceito? O pai é mais "fechado" que a mãe, ou vice-versa? Se sim, pode optar por contar primeiro a um, ou seja, ter um do seu lado à partida.
    Outra hipótese é contar só quando tiver alguém (namorada ou namorado) para apresentar... e por enquanto, tente não "dramatizar" ou sofrer com isso.

    Se os seus pais forem pais de verdade, só vão querer a sua felicidade.

    Agora, o mais importante é a pessoa que é e os valores que tem. Interessa que ame e seja amada, mais nada.

    Boa sorte, tudo correrá bem.

    ResponderEliminar
  7. A vida é tua, se eu fosse tua mãe, entendia perfeitamente!!!

    ResponderEliminar