quinta-feira, 28 de junho de 2018

Segredo.28.17


10 comentários:

  1. Eu não entendo muito bem com o que quer dizer "ser ovelha negra" . Mas apesar de tudo não pense que só por estar a passar por uma fase má da sua vida que os outros achem que é ovelha negra ou um fardo. Todos mais cedo ou mais tarde vamos dar preocupações aos nossos familiares e não é por isso que se deve achar mais deslocada do seu seio familiar e se calhar o que leva a pensar que é ovelha negra da sua família é o facto de estar mais carente e com auto-estima mais em baixo. Espero que fique bem e ama-se pois todos nós somos especiais a nossa maneira.

    ResponderEliminar
  2. Trata da tua saúde, valoriza-te e deixa lá a opinião dos outros. Todos temos problemas, o teu apenas tornou-se público.

    ResponderEliminar
  3. Antes uma ovelha negra, que uma branca igual a todas as outras cheias de catota.


    Nuno

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se a distinção é uma doença, não diria que seja positivo ser-se "diferente"...

      Eliminar
    2. Mil vezes uma ovelha saudavel do que uma doente( que e' o caso da autora).
      Digo eu que tambem sou uma ovelha negra e o que queria era ser mentalmente saudavel e banal.

      Eliminar
  4. Todos somos únicos, por isso, todos somos ovelhas negras, á nossa maneira.

    ResponderEliminar
  5. Se é bulimica, é problemática e tem que parar com essa atitude tão imatura e que não serve de nada. Trate-se... é normal que as pessoas estejam também fartas de ver as suas manias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma doença, não uma "mania"; não seja condescendente. Não é assim tão fácil superar uma compulsão.

      Eliminar
    2. A bulimia não é uma mania. É uma doença como outra qualquer e tem que ser tratada. Parece-me que esse tipo de comentário não ajuda muito.

      Eliminar
  6. Vai te tratar, a tua saúde é o mais importante!

    ResponderEliminar