segunda-feira, 2 de julho de 2018

Segredo.02.14


23 comentários:

  1. São felizes? Então que se lixe o resto!

    ResponderEliminar
  2. Se gostas dele, deixa-te estar. As pessoas não têm vida e tentam viver as dos outros condicionando as suas escolhas... Força com isso! ;)

    ResponderEliminar
  3. Se para vocês faz sentido, porquê ceder a pressões externas que só lhe causam ansiedade?!Lembre-se que só tem esta vida e deve gozar todos os minutos com a maior das felicidades. Se a felicidade passa por um relacionamento com uma pessoas 18 anos mais nova, seja...

    ResponderEliminar
  4. Não ligues!
    Não há homens que gostam das mais novas? Com algumas mulheres é a mesma coisa.
    Se gostam um do outro ninguém tem nada com isso!

    ResponderEliminar
  5. Esqueci-me de comentar no comentário de cima x.x
    Como é que és "condenada"? O q as pessoas te dizem?!

    ResponderEliminar
  6. É pá, a idade é apenas um nº, desde que os dois tenham a mesma maturidade! cresçam!!

    ResponderEliminar
  7. Estou com uma pessoa 17 anos mais velha e somos muito felizes. Já lá vão uns anos e a idade continua a ser apenas um número para duas pessoas que muito se querem, acarinham e respeitam, e que parecem ser destinados um ao outro. Quando se sente que ele ou ela é a pessoa certa para nós, quaisquer pressões devem ser um ruído de fundo, incómodo é certo mas secundário quando se trata de fazermos o que está certo para a nossa felicidade. Boa sorte e tudo de bom.

    ResponderEliminar
  8. Mas o mais importante não é sermos felizes? Se ele não é menor de idade, não vejo qual o problema.

    ResponderEliminar
  9. já me aconteceu, ela era 19 anos mais velha e foi das melhores experiencias que tive na minha vida pessoal. As coisas só nao deram certo porque estamos em lados opostos do mundo, mas nunca se sabe :)

    ResponderEliminar
  10. As relações amorosas com diferenças de idades a partir dos 18 ou 20 anos para cima, sempre foram encaradas pela sociedade de uma forma bastante suspeita. Não a conheço pessoalmente, mas a ser verdade aquilo que nos conta de que está realmente a ser pressionada para abandonar esta relação, isso só quer dizer uma coisa: Dinheiro...

    Aposto que você deve estar muito bem colocada na vida...e que ele...nem por isso...
    Acertei? :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não concordo, tenho um relacionamento assim e não é por dinheiro...
      A autora do segredo não sei.

      Eliminar
    2. Qualquer pessoa mais velha está mais bem colocada. Quando eu comecei a namorar, eu 18 e ele 29, é óbvio que estava melhor. Tinha o seu trabalho, ordenado, carro... eu muitas vezes chegava a meio do mês e não conseguia acompanhar as despesas do tipo de vida que levava e ele muitas vezes era quem pagava, quem oferecia, etc...
      Passaram-se 7 anos e estamos em opostos. Hoje em dia eu ganho muito mais do que ele e quem vir de fora se calhar acha que ele está comigo pelo dinheiro também, se não souberem de onde começou.
      Acho que dizem isso pela idade em si. A minha diferença de 11 anos também não caiu bem, para nenhum dos lados. Hoje em dia já ninguém comenta. Afinal de contas já são muitos anos juntos, estamos noivos, compramos casa, etc.
      A ideia inicial é que há sempre alguém que se aproveita. Seja do dinheiro, da beleza, da inocência, do estatuto... é o que é. De fora, parece que há sempre um interesse extra, além de simplesmente gostarem um do outro e por acaso terem 18 anos de diferença.

      Eliminar
    3. Anónimo(09:36), tem um relacionamento com uma diferença de idades superior a 18 anos devido ao qual é pressionado todos os dias por toda a gente para abandonar essa relação? foi mesmo isso que quis dizer? É que o meu comentário só se aplica aos que forem...assim...

      Eliminar
    4. Anónimo(11:15), qualquer pessoa não. Conheço muita gente que hoje aos 50 anos continuam a ser os mesmos cachopinhos que eram aos 15. A idade não é sinónima de maturidade, responsabilidade ou serenidade. Para alguns, é apenas sinónima de uma dose maior de parvoíce.
      Li com muita atenção o exemplo que mencionou mas temo dizer-lhe que a sua relação não poderá servir de exemplo porque traduz uma situação normal. É normal para um casal que trabalha ter um carro e uma casa, mas isso não faz de ninguém rico. Quando referi no meu comentário a questão do dinheiro, quis realmente dizer...muito dinheiro. Daquele tipo de dinheiro que cresce automaticamente nos bancos no fim de cada mês sem ser preciso trabalhar...

      Eliminar
  11. Simplifique, dê ouvidos a si mesma.

    ResponderEliminar
  12. Não termine seu relacionamento por conta dos outros, o mundo é muito machista e preconceituoso. O que importa são vocês dois e se ele te faz bem. Seja forte. E boa sorte nessa luta.

    ResponderEliminar
  13. Aos 49 apaixonei-me por um homem com menos 20 anos. Tinha tudo para dar errado, todavia, fui feliz como nunca.
    Todas as relações acarretam os seus riscos, mas com diferenças de idade tão grandes, estes multiplicam-se, sobretudo quando é a mulher a mais velha. Numa sociedade onde se cultiva a imagem, é inevitável não olhar para as rugas e para os cabelos brancos com um sentimento de inferioridade e desânimo.
    E, sobretudo, há que ter em conta os objetivos de vida de um e de outro. Não sei qual é a vossa situação, no meu caso, eu já tinha filhos, ele não. Ele queria-os muito. E eu já não lhe os podia dar. São relações de alto risco, fui feliz e não me arrependo, mas também passei (ainda passo) um mau bocado no final.
    Não desista pelos outros, mas seja prudente.
    Boa sorte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo(15:14), não quero ofender-lhe nem parecer-lhe demasiado rude por estar a dizer isto mas, numa relação onde existe uma diferença de idades bastante acentuada, como é o seu caso, a parte mais idosa da relação é sempre a parte mais beneficiada e feliz. Por isso, não é nenhuma surpresa você dizer que foi muito feliz ao lado de um homem quase 30 anos mais novo porque isso trousse-lhe vantagens evidentes. Uma surpresa seria ouvir um "jovem" dizer que foi muito feliz ao lado de uma pessoa quase 30 anos mais velha...

      Eliminar
    2. Em primeiro lugar, 20 anos já não é pouca coisa, ou não leu bem, ou não soube fazer as contas ...
      Em segundo lugar, não devemos nunca generalizar, sobretudo quando não conhecemos nem as pessoas envolvidas nem as circunstâncias.
      Não pretendo saber o que entende por "vantagens evidentes", embora faça uma ideia de onde pretende chegar. Não pude evitar um sorriso de ironia; é evidente que além de generalizar ainda é preconceituoso e sabe rebaixar uma mulher de uma tacada só. Se ela o permitir, não foi o caso.
      Meu caro senhor, ainda que não lhe deva explicações, deixe-me acrescentar que, não só fui muito feliz com ele, como ele também o foi comigo. Até no que supõe improvável, e em muito mais. Tentar explicar-lho seria nítida perda de tempo, até porque suspeito estar para lá da sua capacidade de compreensão.
      E não foi para isso que comentei, simplesmente pretendi, com o meu testemunho de uma situação semelhante, ajudar na decisão da dona do segredo.

      E já agora, outro pequeno contributo, desta vez para o ajudar a si: "trouxe-lhe" escreve-se com "x".

      Eliminar
    3. Anónimo(19:36), tem toda a razão, cometi um lapso na contagem dos anos. Tem a ver com esta letra branca escrita em fundo negro que por vezes agride-me um bocadinho a vista e provoca estas confusões. Pareceu-me ler que o "jovem" tinha 20 anos mas ainda assim o teor do meu comentário continua perfeitamente válido.
      Acusou-me de ter generalizado mas não fiz isso de todo, limitei-me a fazer uma constatação. Em relações deste género, quem é mais velho retira sempre mais vantagens do que a parte mais nova. E, ao contrário do que julgou, nem sequer estava a referir-me ao sexo. É apenas o beneficio de receber a jovialidade alheia. Ora pense um bocadinho. Ao lado de alguém 20 anos mais novo, em termos anímicos, qualquer pessoa sente-se mais 20 anos mais nova, e ao lado de alguém 20 anos mais velho, qualquer pessoa sente-se...bom, mais velha seguramente. Matemática simples. Você diz que foi muito feliz ao lado do seu jovem namorado e eu confio plenamente que isso seja verdade, mas nunca poderá dizer que ele foi muito feliz consigo porque não tem forma de saber o que ele sentia verdadeiramente por si. Até pode ter sido feliz, e não me incomoda rigorosamente nada que tenha sido, mas você não tem meios de poder afirmar isso nem de responder por ele. Só ele poderia fazê-lo. Se você afirmar que tem uma capacidade sobrenatural para ler a mente das outras pessoas, dou-lhe toda razão quando afirmou que isso ultrapassa a minha capacidade de compreensão. Mas talvez alimente o ego da sua...
      Nunca foi minha intenção rebaixar uma mulher ou alguém em particular, apenas limitei-me a comentar a situação que você decidiu deixar livremente aqui exposto neste espaço.

      Quanto ao "trousse-lhe", vejo que não percebeu a ironia. Paciência. Quando pensei nas vantagens que podia trazer-lhe, julguei que pudesse precisar de um "gadget" feminino para guardá-las...

      Eliminar
  14. Se fosse ao contrário não falavam muito. Mas você não pode deixar de viver esse amor pelo que os outros pensam, não lhes deia esse gosto. Viva a sua vida, seja feliz!!!

    ResponderEliminar