quarta-feira, 4 de julho de 2018

Segredo.04.15


31 comentários:

  1. Na realidade ele está a falar consigo, está a dizer lhe o que o incomoda! Isso não fax parte de uma relação? E você esta a esforçar-se por o tentar perceber?
    Eu sou mulher e percebo perfeitamente o que o seu marido lhe diz.
    É deprimente andar na rua e ver a quantidade de gente, especialmente pais, que deixaram de olhar para eles mesmo é deixaram de ser homens e mulheres, maridos e mulheres, tornaram-se a estar ali, a serem pais. Que deprimente!
    Eu sou mãe mas sou mulher e gosto de mim e sou namorada de alguém!
    Depois queixam-se que o companheiro/a perdeu o interesse, obvio, eu também perderia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sei o que quer dizer, porque todas as revistas femininas dizem o mesmo, sei o que diz, mas no meu intimo não percebo essa mensagem.
      Percebo a parte em que ter filhos nao nos deve reduzir a vida, mas sim ampliar a vida.
      O que eu não concordo (ou nao me identifico) é com a noçao que as pessoas têm de o que é ser uma mulher = é uma mulher que se arranja.
      Nunca entendi isso, conheço mulheres maravilhosas, interessantes que nao se arranjam por ali alem, estao lavadas e vestidas,ponto.
      Tambem conheço mulheres com muita sede de vida que sao gordas e que nao acham piada nenhuma a ginasios, outras que nunca foram a uma manicure e que vao a um cabeleireiro de 5 em 5 anos e no entanto estudam/viajam/aprendem/namoram.

      Quando eu vejo mulheres que admiro e que têm impacto na vida dos outros normalmente calha nao serem nada do esteriotipo que leio e ouço como mantra de "se a mulher nao tem o aspecto X ou nao faz Y entao nao gosta dela propria".


      Oiço e leio por ai em todo o lado, o que o marido da autora e a anonima diz, mas realmente nao consigo precessar essa informaçao, é como se não fizesse sentido nenhum na minha forma de pensar.

      Eliminar
    2. É por causa de mulheres como você que esta sociedade patriacal, machista e misógina teima em persistir. Fiquei com mais pena de si que da pessoa do segredo.

      Eliminar
    3. Estou de acordo! Pode-se cuidar de si sem ser uma boneca! E deve-se mesmo sendo pais!
      E a pseudo-feminista que diz que é sociedade patriarcal e balelas dessas, é preciso ser-se estúpido para dizer isso, porque isto é válido para TODOS, homens e mulheres! Homens que não se arranjam e desleixam são tão "maus" como as mulheres!
      As pessoas que não cuidam de si, homens ou mulheres, não se queixzm depois da falta de amor ou interesse ou libido.

      Eliminar
    4. Você por acaso sabe se esta mulher do segredo tem tempo e energia para cuidar de si?

      Eliminar
    5. Anon 19:04
      Ha mulheres e homens com bom aspecto que sofrem de amor, que sao regeitados, que sao depressivos,ansiosos. Talve o problema seja esse, quem so liga a futilidade paga um preco. Ser amados so porque se e' giro e' uma falacia, nao e' um amor real.

      A autora deve procurar um homem que partilhe os mesmos valore que ela, assim como o marido deve procurar uma mulher que partilheos mesmos valores que ele,assim toda a gente fica feliz e nao ha mal entendidos.

      Eliminar
  2. nao estou a dizer que estás certa, pois deves cuidar mais de ti e nao te desleixares mesmo sendo mãe. mas se ele te rebaixa em vez de te ajudar a levantar é porque os bons sentimentos dele por ti já foram....já não devem existir. quem gosta não rebaixa

    ResponderEliminar
  3. Se a Autora joga a cartada dos filhos, talvez a divisão das responsabilidades e dos deveres domésticos não seja equitativa... E aí dou-lhe toda a razão para se enfurecer! Mas se não for...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se não for o que........?
      Agora devemos andar por ai a insultar os nossos entes queridos so porque achamos que temos razao.
      Agora vou dizer á minha mae, aos meus avós, ao meu marido, aos meus amigos;
      Bemmmmm pareces muito mais velha/o, que horror!!! que desleixo, isso é horrivel, olha para mim sou tao boazona(bonzao) a comparar contigo.


      Como é que faz sentido na cabeça das pessoas acharem que têm esse direito ?
      Ser familiar ou amigo de alguem nao nos dá o direito de agredir essa pessoa.
      E não venham com estorias que isto é para o bem dela, porque este tipo de discurso não é para o bem de ninguem, é um discurso de humilhar o outro para nos empolar a nós proprios, pior, usam a familia para isso

      Eliminar
    2. Anónimo das 17:17, a Autora não refere o motivo que a levou a desleixar-se (mas parece que nem sempre foi descuidada com o aspecto físico). Estará deprimida? Com problemas familiares graves? Assoberbada de trabalho? Apenas refere os filhos e, tendo marido, presume-se que tenha (pelo menos) outro par de braços a cuidar e a educar, além dos dela. Se a Autora se sentisse confortável com o seu aspecto actual, não ficaria tão irritada com os comentários do maridos... Que tal tentar mudar ao invés de só rebater as acusações? Se se sente humilhada e agredida, tem bom remédio... É pô-lo a andar!

      Eliminar
    3. Anónimo4 de julho de 2018 às 18:38

      Nós não sabemos, mas o que não falta são dois pares de mãos numa casa,e só as da mãe é q fazem alguma coisa.

      Eliminar
  4. Quando o meu marido começa a apontar-me defeitos, eu aponto-lhe logo 3 ou 4 e ele cala-se De certeza que o seu marido não é perfeito portanto não tem o direito de a humilhar dessa maneira. A questão do também ser pai é ridícula, ele por acaso engravidou, andou com as hormonas descontroladas, teve de engordar... não!! Então não compare o ser mãe ao ser pai, ele não teve de carregar um bébé por 9 meses. São experiências completamente diferentes, a mulher sofre a maternidade no corpo, o homem não.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que linda comunicação... que maturidade!
      "Tu fazes isso e eu faço logo pior, na na na!"
      E que tal como pessoas adultas falarem desses defeitos, se incomodam e encontrar soluções ou compromissos???

      E então por ter engravidado é desculpa para se desleixar, engordar e não cuidar de si?? Santa paciência! Depois choram!
      Pode ser mãe e depois emagrecer, cuidar de si, tratar das hormonas!
      Sou mulher, mãe, e horripila-me as desculpas esfarrapadas das perguiçosas!

      Eliminar
    2. Anon.7:13

      A autora pode nao ser preguisosa, simplewmente pode nao ter os mesmos objetivos que o seu.
      O seu e' estar bonita, tudo bem, e' um objetivo de vida, mas a autora pode ter outros interesses. Isso nao faz dela preguisosa.

      Eliminar
    3. A mim horripilam mulheres que acreditam que o aspecto físico é o mais importante da vida. Coitadas.

      Eliminar
    4. Pelo amor da santa, O meu marido não é perfeito, eu não sou perfeita portanto... temos de aprender a viver com as imperfeições um do outro sem apontar o dedo, mais nada. Quando ele faz comentários parvos, leva uma resposta igualmente parva e resulta. Acaba por se rir e a conversa acaba ali. Ele sabe que se passar das marcas é capaz de levar com uma frigideira em cima lol (sentido figurado) O problema de muitas mulheres é deixarem-se humilhar, não ripostarem. Muitas ficam desesperadas com os comentários dos maridos e depois vai-se a ver os maridos são autênticos cepos. E pronto, sou assim, imatura ou não pelo menos o meu marido respeita-me! Não sou escrava da beleza, não sou escrava de um espelho muito menos dos comentários de um homem, era o que faltava!!

      É tão estúpido as mulheres apelidarem-se de preguiçosas. Quando um homem diz eu também sou pai, temos de nos unir, alguma vez um homem passa pelo mesmo para ter um filho? Claro que não! e ainda se acha no direito de criticar a mulher?!! Ela tem é de o pôr no devido lugar e mais nada.

      Eliminar
  5. Para além da parte física que só a mãe passa há também a questão da maior parte dos pais não dividir tarefas com a mãe, logo o descanso é outro. Ele k cuide da casa e dos filhos tb. Só isso já a ajuda a ter tempo para si e para o seu aspecto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A maior parte dos pais???? Vive em que mundo você???

      Eliminar
    2. Anónimo das 07:14... Em que mundo é que VOCÊ vive?!!! Sou mulher e mãe numa faixa etária em que praticamente todos os meus amigos e familiares têm filhos e confirmo: (ainda) a maior parte dos pais não divide as tarefas com as mães. Atualmente os estudos dizem que as mulheres trabalham em média mais 1.45h por dia do que os homens em tarefas domésticas não remuneradas. Sugiro-lhe que veja e site para ficar mais elicidado (a) do mundo em que vive: https://www.cig.gov.pt/acoes-no-terreno/campanhas/campanha-minutos-igualdade/

      Eliminar
  6. Qd assim for deixe-o com os filhos e tudo para fazer. Diga que qd chegar a casa quer a casa arrumada, jantar feito e banhos dados e vá para um salão mimar-se 😉

    ResponderEliminar
  7. É marcares spa, cabeleireiro, ginásio e etcs e deixares os filhos com ele.
    Simples!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hahahaha gostei! A resposta mais acertada de todas! :)

      Eliminar
    2. Great minds think alike

      Ass: anon das 16.15h

      Eliminar
  8. Eu compreendo o que quer dizer. Mas pelo que li, julgo que o marido o diz de uma forma mais crítica, mais intolerante e não com algum amor, ou apoio...há maneiras e maneiras que um marido pode transmitir o que pensa... e talvez este marido seja apenas pai, mas não tenha o peso da "responsabilidade" e cai na mulher tudo sobre os filhos...

    Digo eu.

    ResponderEliminar
  9. Se for o tipo de pai que não partilha as tarefas com a mãe. Daqueles que o tempo para irem ao ginásio, andar de bicicleta ou ver a bola com os amigos lhes é imprescindível e conseguem-no deixando os filhos e todas as tarefas para a mãe, tens toda a razão para ficares irada.
    Há que tentar contornar isso conversando (mas bem sei a luta que é :( e na semana seguinte fica tudo igual porque a preguiça... enfim).
    Boa sorte.

    ResponderEliminar
  10. Só ouvindo a versão do marido, se pode tirar daqui alguma conclusão. Ouvindo apenas o lado da autora, e defendê-la, é apenas tomar as dores dos outros, e obviamente ser injusto! Todas as histórias tem dois lados...fiquei curiosa para saber a outra versão.

    Rosarinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O mais engraçado é que a maioria criticou a autora, não lhe tomou dores nenhumas.

      Se tiver o modelo de 90% das famílias portuguesas o que é bastante provável é ela ter que trabalhar por 2 em casa.

      Eliminar
  11. Manda o à fava. Ele quer um troféu para exibir e não uma mulher.

    ResponderEliminar
  12. Eu já apontei ao meu marido que ele estava a desleixar-se. E porque fiz isto? Porque era uma bola de neve . Desleixou-se por comodismo e depois não saía para a comigo porque se sentia mal com o seu corpo. Ficava mal com isto mas não mudava. E eu não gostava de o ver assim mal consigo. Porque mais que desleixo físico era desleixe emocional. Ele compreendeu,cuidou-se e está bem melhor consigo porque tratou de si. Quando tratamos de nós, estamos mais preparados para cuidar dos nossos.

    ResponderEliminar
  13. Revoltou-me tanto este segredo e alguns comentários que li vindo de mulheres que, mesmo sem os ler todos, tenho que dizer o marido da autora do segredo além de muito egoísta é também muito estúpido e insensível. Lamento por ela. Espero que ela consiga ser sempre ela mesma e não quem ele deseja que ela seja. Todos sabemos, pelo menos quem tem senso comum, que as mulheres, após serem mais, sofrem muitas alterações no seu corpo. Umas ficam melhores, outros não, mas não deixam de ser quem eram,melhor, passam até a ser ainda mais mulheres porque são mães e isso não está ao alcance dos homens, nem de qualquer mulher.

    ResponderEliminar
  14. Mete-o a mexer, a culpa é sempre da mulher, também quando eles ficam, carecas e barrigudos, e as mulheres tem de aturar isso, não dizem nada.

    ResponderEliminar