segunda-feira, 9 de julho de 2018

Segredo.09.10


11 comentários:

  1. E a outra metade que lês, também.

    Nuno

    ResponderEliminar
  2. Aposto que é aquela metade onde você mostra que leva uma vida muito feliz...
    ...do estilo "Pipoca mais Doce" e coisas assim do género...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Francisco, está reformado? Bem me parece. Vai ao blog da pipoca e depois vem para aqui critica-lá. Sonso!

      Eliminar
    2. Anónimo(18:13), quem disse que continuo a visitar o blogue dela? E quem lhe disse que estou a criticá-la?
      Perguntei apenas ao(à) autor(a) do segredo se a metade das coisas que ela partilha nas redes sociais, e que diz ser mentira, é a parte em que ela quer fazer parecer que leva uma vida feliz...ao estilo da Pipoca Mais Doce, por exemplo. Citei a Pipoca por ser a referência mais conhecida no mundo dos blogues, só isso. Se ele leva uma vida feliz? não faço a mínima ideia, não estou interessado em saber e nem tenho raiva de quem saiba. Para vidas felizes, já me basta a minha... :)

      Eliminar
  3. Se fosse caso único...
    Há casos em que até as fotos se nota que são mentira, que são tiradas por outras pessoas e colocam nas redes sociais como tendo sido tirada por elas.

    ResponderEliminar
  4. Começa a partilhar só coisas que sejam verdade, ou então encerra as redes sociais.

    ResponderEliminar
  5. Não é novidade que as redes sociais são uma tremenda fraude.
    As pessoas tem necessidade de inventar coisas, é pena!...

    ResponderEliminar
  6. Apercebo-me disso diariamente e só encontro uma explicação: falta de vida própria, viver mentiras e necessidade de afirmação.
    Como dizia o outro: "get a life!".

    ResponderEliminar
  7. Imagina quando essas pessoas descobrirem..... :P

    ResponderEliminar
  8. Você e três quartos da população ( sendo que um quarto da população não usa redes sociais). eheheh...

    ResponderEliminar
  9. Ora aí está foi o que disse no último segredo, a pessoa a julgar os outros pelo que postam nas redes sociais e eu disse logo que as coisas não são bem assim.

    ResponderEliminar