quinta-feira, 12 de julho de 2018

Segredo.12.10


21 comentários:

  1. Respostas
    1. Sim, é verdade, mas a minha intuição não costuma falhar ;-)

      Eliminar
    2. Espero que sim!!! ^^

      Deixem de ser azedos com os outros -.-

      Eliminar
  2. Se na altura conseguiu deixá-la...é porque não a amava assim tanto...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma opção... Ou só estava "baralhado" como que realmente importa... e escolheu o lado errado...
      Se calhar já vai tarde, ou talvez não...

      Eliminar
    2. Nat, quando amámos verdadeiramente uma coisa...nunca ficámos baralhados com aquilo que é verdadeiramente importante para nós.

      Eliminar
    3. Verdade Francisco.

      Eliminar
  3. Não pode bater certo!

    ResponderEliminar
  4. Pois creio que estás a olhar para o quadro errado. Fizeste o que fizeste, e o tempo só segue para frente. Não era certo que o sonho profissional te realizasse, mas também não é certo de que o relacionamento amoroso teria. Como se diz "casamentos se desfazem até na porta da igreja", ou pior, num tribunal depois de se arrastarem por anos.
    Se perdeste o amor, cura teu coração e abra-o para novas pessoas, se tua profissão não te realiza, existem tantas por aí que alguma te satisfará. Só precisas ter o coração aberto.

    ResponderEliminar
  5. A mim valeu, descobri que adoro o meu trabalho, e ele que nunca me apoiou neste trabalho, só me estava a prender.

    ResponderEliminar
  6. Nunca seria capaz de abdicar do amor da minha vida por uma carreira. Carreiras há muitas, se não puder ser advogada ou juíza, limparei escadas e serei feliz .Sei que se abdicar de quem amo, nunca serei feliz por melhor carreira profissional que possa ter.

    ResponderEliminar
  7. Adoro essas teorias. Isso não é verdade. Há alturas em que é preciso tomar decisões, e fazer escolhas bem complicadas.

    Há momentos em que a razão se tem que colocar à frente da paixão. Amor e uma cabana só funciona em novelas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E porque é que um trabalho tem que ditar o fim do relacionamento?

      Eliminar
  8. São escolhas! Na minha opinião nunca se deve abdicar da vida pessoal nem da vida profissional porque a verdade é que para estarmos felizes é necessário haver um equilíbrio entre estes dois mundos. Agora se "trocou" a pessoa que amava por um bom emprego foi uma escolha sua está feito e não vale a pena continuar a massacrar mais. Siga em frente. 🍀😊
    Ps: nao posso concordar que a sua escolha seja falta de amor pela pessoa. Por vezes a razão grita mais alto que o coração e tomamos atitudes que no fundo nao era aquilo que queríamos.

    ResponderEliminar
  9. Nos meus ultimos dias da terra pensarei mais nos que amo do que na minha carreira...por isso...

    ResponderEliminar
  10. Se tivesse ficado com essa pessoa, se calhar também não valia.
    Se deixou, é porque não amava assim tanto essa pessoa e a oportunidade parecia boa.
    Riscos de vez em quando... é preciso toma-los.
    Alguns abdicam da vida profissional por outra pessoa, e arrependem-se.

    ResponderEliminar
  11. Ao menos tento, agora é lidar com o resto...

    ResponderEliminar
  12. Eu deixei um emprego de sonho por uma pessoa e não valeu a pena. Se não tentarmos nunca saberemos. Prefiro isto do que passar a vida a pensar "e se" ;)

    ResponderEliminar