quinta-feira, 12 de julho de 2018

Segredo.12.15


40 comentários:

  1. Só é gordo quem quer. E não estou a falar em fazer dietas, porque essas têm um principio, um meio e no fim começas a engordar. Muda de estilo de vida e começa a comer comida de verdade, vais ver que ao fim de um ano tens menos 40 kg.

    NM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não fale do que não sabe. Gordura nao se limita a querer ou não, há uma serie de factores psicologicos e fisicos que determinam se a pessoa é gorda ou nao.
      Ninguem diz a um esquizofrénico que só o é porque quer.

      Eliminar
    2. Só é estúpido quem quer. Não é gordo quem quer. Que tenha o que merece com esse comentário.

      Eliminar
    3. Tanta ignorância. Factores psicológicos!? SIM! Estar sempre a comer para suprir alguma necessidade. Físicos!? O que é que o físico tem a ver com a gordura ?...sim tem...fica mais gordo se comer muito, ou mal. Só é estúpido/a quem quer e ignorante também.

      Eliminar
    4. Salvo raras excepções médicas, só é gordo quem quer sim. Fechar a boca custa, fazer exercício também. Mas quem quer, verdadeiramente, faz ambos.

      Eliminar
    5. "Ninguém diz a um esquizofrénico que só o é porque quer." Verdade..mas comparar isso com a gordura é pouco inteligente. Fechar a boca e fazer exercício emagrece...por isso só é gordo quem quer, salvo raras excepções.

      Eliminar
    6. Anónimo12 de julho de 2018 às 23:19

      Voce nao sabe do que fala.

      Eliminar
    7. Por acaso até sei, possivelmente bem mais do que você. Por isso estou à vontadinha para dizer que em 95% das situações só é gordo quem quer.

      NM

      Eliminar
    8. Sabia que há uma componente genética que faz com que determinadas pessoas sintam mesmo muita fome? Há já genes identificados que têm essa consequência?

      Imagine sentir fome o dia todo. Será que não ia comer? Conseguia aguentar a sensação de fome constantemente, dia após dia, durante toda a sua vida?
      Eu não sou assim e acho que deve ser horrível. Qd sinto fome como.

      Eliminar
    9. Anó. das 15.35. Pois há, a genética e também existe a epigenética. Portanto, você só sente fome porque se alimenta mal. E não confunda fome com vontade de comer, são 2 coisas destintas.

      Eliminar
    10. Informe-se melhor que o que reportei são factos da genética.

      Eu não me alimento mal, nem tenho qualquer problema de peso.
      Não gosto é de pessoas ignorantes com a mania que sabem tudo.

      Eliminar
    11. Anó. das 10.08. Você é que demonstra ser ignorante. Vá, o conhecimento hoje é barato e de fácil acesso. Estude um bocadinho, para não dizer e repetir tanta asneira.

      Eliminar
    12. É irónico realmente a certeza que os ignorantes têm. Estude, sim... Faça aquilo que recomenda aos outros.

      É que suponho que não saiba mais do que um especialista mundial com estudos publicados na área da genética e especializado na obesidade.

      Eliminar
    13. Ignorante é você..não sabe do que está a falar. Vou deixa-la a falar sozinha, porque senão ainda apanho o vírus.

      Eliminar
    14. "Só é gordo quem quer." Que comentário estúpido o seu. Se soubesse com as coisas são não vinha falar tristezas.

      Eliminar
  2. Se não te gostas de ver assim começa uma dieta. Esconderes-te não é solução :)

    ResponderEliminar
  3. Não é por te esconderes ou por te esqueceres que vais deixar de ser gorda.
    Durante os 20 primeiros anos da minha vida, fui exatamente como tu. Dizia que não conseguia emagrecer, que até o ar me engordava, que não entendia - e, na realidade, eu nem tinha noção do corpo que tinha. Sabia que era gorda mas, hoje, olhando para as fotos, entendo que era muito mais gorda do que julgava.

    Precisei de um abanão forte, de um susto grande em relação à minha saúde, para perceber. Desculpa o comentário bruto, mas eu sei que também nunca cheguei lá com falinhas mansas: choramingar por ser-se gorda não queima calorias. É preciso fazer alguma coisa para tentar mudar isso. Imagina só que eu descobri que até sou moça para emagrecer com facilidade :)

    Não sei qual é o teu caso, não sei o que te levou a engordar, mas posso garantir-te que não é por a esconderes que desaparece - se estás infeliz, muda. Faz alguma coisa por mudar, seja o que for. E, principalmente, pela saúde.

    Imaginas forma mais parva de perderes anos da tua vida do que a esconder o teu corpo?

    ResponderEliminar
  4. Bom, dar conselhos de dieta, a meu ver, é uma cretinice.
    Pode acontecer que a pessoa enverede por dietas malucas que conduzam a distúrbios alimentares.

    Creio que uma consulta de nutrição não é muito cara. Aí, fazem um plano alimentar com horários e com comida que se gosta. Exercício sempre aliado, claro.
    Para quem é sedentário basta fazer mais para perder peso, sempre acompanhado de uma boa dieta alimentar, o que não é o mesmo que dieta. Como já disseram, dieta é durante pouco tempo, ao fim de meses engorda mais.

    Gosta de nadar? Aposto nisso. Gosta de caminhar? Aposte nisso.
    Beba bastante água, ajuda imenso.

    Sobretudo: não se esconda!
    Consulte um nutricionista, dar-lhe-á ferramentas e receitas muito saborosas e saudáveis :)

    ResponderEliminar
  5. Aos poucos tenta mudar a alimentação, no Verão mais saladas, no Inverno mais sopas, tenta cortar nos hidratos de carbono, refrigerantes... vai fazendo alterações gradualmente. Quando começares a comer melhor, vais te sentir melhor. Eu também luto com o peso, quando me deixo ir é para engordar logo uns 5 kg, para os perder é uma tortura e eu detesto, mas detesto mesmo exercício físico. Agora vou tentar começar a fazer caminhadas, há uns jogos da Wii com exercícios que também já fiz e na altura ajudaram. Não ter de ir para um ginásio é um alivio. Não gosto do ambiente.
    Se nada resultar, o ideal é consultar um médico, pode ser problemas de tiróide, por exemplo. Quem diz que só é gordo quem quer, é idiota. Há doenças e medicamentos que fazem engordar.

    ResponderEliminar
  6. Como é que pode conseguir esquecer se passa o dia todo a pensar nisso?

    ResponderEliminar
  7. Eu tenho um grande histórico de aumento e perda de peso abrupto sem alteração de nada nos meus hábitos. Tirando uma pequena alteração da tiróide (nao o suficiente para provocar estas alterações), supostamente saudável e no entanto nem medicos, nem nutricionistas nem endocrinologistas me conseguiram dar uma explicação ou ajudar.

    Depois de muita pesquisa acabei por dar com o estilo de vida paleo e pensei que se não podia emagrecer pelo menos iria tentar melhorar a alimentação e experimentar eliminar os alimentos que eles (e a evidência científica) mostram ser inflamatórios ao nosso organismo.
    Em 2 anos perdi 25kgs e neste momento estou em fase de manutenção.
    Existem nutricionistas que orientam com base neste princípio mas existem vários locais onde se pode informar se quiser experimentar (paleoXXI por exemplo). Eu não sigo a vertente mais puritana mas o "paleo descomplicado" comecei por encontrar o grupo no face, depois li o site e decidi experimentar. Comigo resultou, com a minha mãe (-11kgs) e tb com uma das minhas tias. O melhor de tudo é que não há qualquer tipo de produtos "milagrosos" para comprar, aliás não há milagres mas sim um processo. Não considero uma dieta, não se passa fome, aprende-se o que comer e qd comer, a evitar picos glicemicos e, em vez de estar a contar calorias o nosso foco é comer o que é saudável e a ouvir o nosso corpo.

    Sei que isto parece publicidade mas não é (não é necessário comprar nada para poder fazer) mas como comigo está a resultar tão bem, os exames continuam a mostrar que estou saudável, gostava de dar a conhecer a quem sofre com o mesmo que eu já sofri.


    ResponderEliminar
  8. Há quem consiga ganhar um premio Nobel e mesmo assim nao consegue deixar de usar a comida emocionalmente.
    Vejo muitos comentarios a toda a hora do genero;
    ah e tal, basta fechar a boca, basta ir ao ginasio, quando leio estas coisas só imagino se as pessoas que conseguem escrever isto têm a noçao do que é fazer algo que esta acima delas. Porque para muitos, a nao utilizaçao de comida para conforto emocional é equivalente á morte , estao a escolher entre viver e morrer, é a comida que os aguenta vivos (e nao estou a falar de morte no sentido de subnutriçao).
    Para muitos gordos a comida esta-lhes a alimentar a alma, a apaziguar , permite-lhes afastar o suicideo e aguentar as dificuldades da vida .

    Sao os que os medicos chamam de comedores emocionais.

    Dizer a estas pessoas que só é gordo quem quer é de uma insensibilidade e maldade atroz. Como acredito que há mais pessoas boas que más, quero crer que quem diz estas coisas o faz por ignorancia.
    Esta na altura de deixarmos todos de ser menos ignorantes. O que para uns é facil para outros é dificílimo.

    ResponderEliminar
  9. Os medicamentos não fazem engordar. Quanto muito abrem o apetite. Veja um programa inglês secret eaters que mostra que quem so comia ar afinal afinfa umas boas calorias por semana. Há varios fatores. Até perturbacoes mentais. Mas só lá vai com regime alimentar equilibrado. E exercício. Se não quiser exercício, tem que contar calorias.
    JF

    ResponderEliminar
  10. Respostas
    1. Por toda a Africa, tendo em conta que Africa nao se resume á Africa subsariana.

      Eliminar
    2. Por acaso se se informar até há gordos em muitos locais onde a pobreza existe em grande escala tb

      Eliminar
  11. Em vez de esconder o problema que tal enfrenta-lo? Só tu podes mudar a tua vida mais ninguém vai fazê-lo por ti! Se queres mudar entao começa por procurar ajuda e com MUITA força de vontade e um pouco de sacrifício consegues combater os kilos a mais. Mas acredita é necessário querer mesmo muito emagrecer caso contrário nunca vais conseguir. Falo por conhecimento próprio se eu não tivesse mesmo muita força de vontade por vezes as tentações são muito fortes... 🍀😊

    ResponderEliminar
  12. Obviamente que o melhor seria emagreceres! E olha que sei do que falo que devido a medicação que tenho que tomar, aumentei mais de 15 kilos...a isso acresce ter um problema na coluna que me impede de fazer exercício físico "decente"...no entanto não tens que te esconder! só as pessoas tacanhas pensarão "coisas" e quanto a essas...é esquecer...estão sempre prontas a apontar o dedo e têm um nível de empatia zero. Não te escondas, não há nada para esconder!

    ResponderEliminar
  13. Não escondas o que é obvio. Es gorda ponto, nada mais, nada menos.
    Tambem podes ser alta, baixa, rica, pobre, ter cabelos castanhos ou verdes, etc.
    A ansiedade de nao conseguirmos assumir o que somos, como somos durante as fases da nossa vida é muito mais pesado do que o excesso de peso que possas ter.

    Seres gorda nao te impede de seres feliz, de ser amada, de saber amar, de gostar da tua profissao, de ter amigos, de ter amantes.
    Bola para a frente, és gorda , sim, e depois ?
    Talvez noutra faze da vida sejas magra, talvez voltes a ser gorda, sao fases, e todas sao importantes e todas sao para ser vividas.

    Nao escondas o que toda a gente consegue ver, muda o chip.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então para si, o melhor é esta pessoa aceitar o que odeia e parar de esconder o que não gosta??? Em vez de mudar o que não gosta para ser como quer e gosta??
      Ai, a facilidade, sempre!
      Ser gorda não impede de ser feliz, QUANDO SE GOSTA DE O SER.
      Esta pessoa não gosta de ser gorda, logo não vejo porque deveria ficar assim!

      Ela tem que deixar de ser gorda, ponto final. Mudando o seu estilo de vida.

      Eliminar
    2. Anónimo15 de julho de 2018 às 10:45

      Não é facilidade, se pensar bem vai perceber que o mais dificil nesta vida é aceitar quem somos , é mais dificil do que ter filhos , é mais dificil do que trabalar 30 anos numa mina, é bem mais dificil do que ser aceite pelos outros.
      Se a autora, ou outra pessoa qualquer , conseguir aceitar que há fases da vida que a vida nao corre como queremos, que nao somos quem pensavamos ser e que isso vai variando, vai conseguir superar as dificuldades com com conciencia e longevidade.

      Nos nao sabemos porque é que ela é gorda, e há a possibilidade de ela nao perder peso por mudar o estilo de vida, tambem é possivel que ela nao tenha condiçoes emocionais actualmente que lhe permitam mudar o estilo de vida.
      Por isso ela nao deve NUNCA sentir nojo ou impedir-se de realizar o que deseja só porque ainda nao conseguiu emagrecer, o processo de emagrecimento depende de cada pessoa (ou da razao porque sao gordos) pode demorar 2 meses ou 20 anos, e ninguem deve ficar á espera de viver SO´apartir do momento em que ja perdeu o peso.

      Isto é o oposto do facilitismo. Talvez um dia compreenda isso.

      Eliminar
  14. Ai ai ai...
    Eu estou farta de ver estas gordas e estes gordos andarem sempre a queixar-se!
    Para mim é muito simples!
    1. Ou gosta de como é, e ser gordo não é um problema, e assim deve aceitar que lhe digam que é gordo, etc, porque gosta de si assim.
    2. Ou não gosta de como é, para de se queixar, e começa a fazer dieta e desporto e a mexer o rabinho.

    E as desculpas das hormonas e das doenças, STOP! A maioria das pessoas não tem problema nenhum com isso! E as que têm, a maioria pede conselho a um médico e cura-se! So' uma muitooo infima parte dos gordos é por causa de doença sem solução, por isso, não comecem.

    A dada altura mudei de pilula, engordei 8kg em um mês! Foi simples, mudei de pilula para uma que me convinha, fiz mais desporto e tive ainda mais cuidado, em outro mês perdi os 8kg.

    Conheço uma moça da universidade, era também assim queixava-se de engordar e ser gorda, e quando lhe dizia de fazer esforços, dizia que eu la' sabia, que eu tinha um bom metabolismo e ainda bem, etc! 10 anos depois, agora, meteu-se a fazer desporto, e a cuidar da alimentação... E tanaaaaaaaaa MAGIA, começou a emagrecer e muito!!!

    Esta sociedade so' cria vitimas... é sempre preciso ter pena de tudo e todos e muita compreensão e não sei quê! Ganhem mas é coragem, parem de se tomar por vitimas, e comecem a tomar mas é a vida em mão e a mudar o que não gostam. Pois sim, é dificil começar a comer menos, começar a comer melhor, menos gordura, etc, começar a sair todos os dias 1h para andar, depois correr etc, mas garanto que quando se habituar, ja' não custa nada! Sim, no inicio vai ter momentos de fome porque o corpo esta' habituado a comer X e agora vai comer X/2, ou a comer gordura ou açucares que são como droga, e vai ter vontade de ceder, mas isso como dito, com vontade vai la'! Ja' não compra porcaria para comer, assim cede menos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ai, ai as pessoas que pensam ter respostas para tudo. Há muitas razões para se ser gordo, não é só comer muito e não fazer exercício. Doenças, medicamentos, hereditariedade, podem ser factores. Resumir a obesidade ao que diz desculpe mas é idiotice, total falta de informação que só faz com que a autora do segredo se sinta pior. Há imensas causas para a obesidade, a saber:
      Má alimentação;
      Sedentarismo;
      Insónia crónica;
      Fatores genéticos e orgânicos;
      Fatores emocionais e psicológicos;
      Desequilíbrio hormonal;
      Hereditariedade;
      Problemas em glândulas.
      O uso de certos medicamentos também pode causar a obesidade. Os medicamentos mais comuns que podem causar aumento de peso são os esteroides, corticoides e alguns remédios antidepressivos.

      Há um programa de TV que retrata isto mesmo, a protagonista sofre de obesidade mórbida, faz imenso exercício, dá aulas de dança e o facto de ser obesa deve-se a uma doença. My big fat fabulous life, vejam.

      https://mdemulher.abril.com.br/estilo-de-vida/conheca-whitney-thore-a-bailarina-plus-size-que-derruba-preconceitos/

      Eliminar
    2. É pena que não tenha resposta para deixar de ser ignorante.
      Bastava informar-se...

      Eliminar
    3. Anonimo das 22h10,
      Você leu o comentario todo? Porque de certeza que não leu!
      Pessoas DOENTES são uma INFIMA parte dos obesos, dos gordos, oK?
      Isso esta' até provado cientificamente, que é um problema de ma' alimentação, de fast food, etc!
      Não conheço nem uma pessoa que coma bem e faça desporto e seja obesa!
      Continuem a desculpar todos os gordos, têm razão.

      é como aqueles programas do Plus Size e não sei quê, nem me lembro do nome, 100% daqueles obesos eram-no porque comiam como 10 pessoas e não mexiam um dedinho, e depois é preciso é ter pena!

      Um adulto em 3 é OBESO (nem digo GORDO) e aqui suas senhorias andam a querer fazer-me acreditar que 33% da população tem esses problemas todos... NOT. Nos paises anglofonos, entre 60 a 70% estão em sobrepeso, do nosso lado, cerca de 40 a 50% é, estão todos doentinhos, ja' se sabe... tenham do', são vocês que precisam de deixar de ser ignorantes.

      E a sua amiga que colocou ai, quer provar o quê mesmo? Que os gordos sabem ou podem dançar? Eu por acaso disse o contrario??
      Eu disse, sobretudo, para os gordos deixarem de se armar em vitimas de sociedade. Você acaba é por atirar uma bala no pé com o seu argumento, que é bem o que tenho dito.... e um exemplo em milhões, até da' vontade de rir pois...

      São pessoas como vocês, sempre a ter peninha dos gordos, que acabam por marginaliza-los. Porque são vitimas, são coitados, tem que se ter pena, ser politicamente correcto.. NOT!

      Como disse, a maioria NÃO SÃO DOENTES. O mundo esta' a ficar cada vez mais gordo mesmo se não esta' a ficar cada vez mais doente, mas é preciso é ter pena....
      Eu tenho pena dos que têm deficiências, que perderam um braço, uma perna, das mulheres violadas, etc. Vitimas reais.
      Não tenho pena de gordos, porque os gordos não são nada de se ter pena.

      https://www.healthline.com/nutrition/12-graphs-that-show-why-people-get-fat#section12
      https://www.nbcnews.com/health/health-news/whole-world-getting-fatter-study-finds-n771176
      https://www.bloomberg.com/graphics/2016-global-obesity/
      https://www.weforum.org/agenda/2016/11/this-map-shows-the-rapid-increase-in-global-obesity/
      https://www.smh.com.au/national/australians-are-fat-and-getting-fatter-says-national-report-card-20180619-p4zmgt.html
      https://herbalifenutritioninstitute.com/the-world-is-getting-fatter/

      E a ignorante sou eu...? é de notar que nos estudos as razões do aumento de gordos no planeta nunca é um aumento de doenças.... mas sim MA ALIMENTACAO e POUCA ACTIVIDADE.

      Eliminar

    4. Anónimo17 de julho de 2018 às 00:13

      Colocar links a dizer que a obesidade é má e que há muitos obesos na America e no mundo, não é comparavel com colocar links que se focam no problema do que é a obesidade, como se forma , como esta associada a problemas mentais , como os comentadores atrás mostraram.
      Percebe isso ?

      O que estamos aqui é a tentar perceber o que torna alguem obeso e porque é que ha tantos factores psicologicos e comportamentais associados a esse flagelo, porque é que há pessoas que conseguem fazer tantas coisas dificies, muitas delas mais dificeis que perder peso, e depois nao conseguem emagrecer .
      Ninguem esta aqui a dizer nao nao existem obesos e que a obesidade é a melhor coisa do mundo.

      Colocar lins a dizer, ohhh a obesidade existe, nao levam a lado nenhum.

      Eliminar
    5. Que comentário triste, nem sei como o Shiuuuu aceita isso, só faz mal a autora do segredo ler isto.

      Eliminar
  15. A sua visão, mais uma vez refiro é completamente redutora, desinformada e preconceituosa (basta utilizar constantemente o termo gordo em jeito pejorativo para percebermos logo). Todos as pessoas têm motivos para determinado comportamento, em vez de você apontar imediatamente o dedo a alguém obeso porque acha que come muito e não faz exercício, que tal tentar compreender o porquê desse comportamento?? Sabe se a pessoa se refugiou na comida porque perdeu alguém próximo?? Sabe se sofreu algum trauma na infância? Não, pois não... em vez de apontar o dedo, coloque-se no lugar do outro e tente compreendê-lo. Ninguém quer vitimizar as pessoas obesas, acima de tudo há que compreender e tentar ajudar em vez de criticar de forma ofensiva que é o que você faz. Conhece uma coisa chamada empatia?? Pelos vistos não!!

    ResponderEliminar
  16. Entendo-te, mas para isso temos de mudar muita coisa, não só física como mentalmente.

    ResponderEliminar