quarta-feira, 12 de junho de 2019

Segredo.12.10


40 comentários:

  1. E ele deu conversa? É que por mais que tentem dizer que a culpa é só do marido, eu acho que uma mulher que faz este tipo de coisas não tem valores nem carácter. Até porque nem há mais homens solteiros nem nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não interessa se as outras têm carácter ou não, ela vive com o marido, é ele que lhe deve fidelidade e é com ele que ela tem que continuar a viver e a partilhar a vida. O que outras mulheres ou homens fazem não lhe interessa.

      Eliminar
    2. Ok, mesmo que a outra mulher tenha dado conversa, a outra sabe que ele é comprometido? E independentemente disso, a autora vai tirar satisfações a quem? Obviamente que ao marido! Ninguém normal vai questionar a outra!

      Ela quer saber do que o marido faz... E ele tá a ser porco!

      Eliminar
    3. Eu conheço uma na mesma situação que descobriu que o marido inclusive tinha outro perfil de facebook em que era SOLTEIRO. As pessoas que têm compromissos é que os têm que respeitar. Não são as pessoas fora da relação.

      Eliminar
    4. Sera que a outra mulher sabe que ele é casado?

      Eliminar
    5. A outra pode nem saber que esta a falar com uma pessoa casada.
      Mas acima de tudo ele tem de assumir os seus actos e respectivas consequencias.

      Eliminar
    6. Mas vocês estão todas a assumir que ele fez merda. A mulher só disse que descobriu msg de outra mulher, ninguém sabe se o marido passou cartão. Estão todas de 7 pedras da mão a culpar o homem, mas agora imaginem o seguinte cenário, ela sabe que ele é casado, ela manda msg na mesma e ele nem responde, mas ela não desiste. Quem é o mais culpado aqui?

      Eliminar
    7. Não, não é só o marido que deve fidelidade.
      Enquanto seres humanos, devemos respeito a TODA a gente. Devemos valores morais a TODA a gente.
      Tão é culpado um como o outro.

      Eliminar
    8. Anónimo13 de junho de 2019 às 05:44 - não. não! Só ele é que é casado com a autora!

      Eliminar
    9. Anónimo13 de junho de 2019 às 05:44

      Nao concordo nada, ele é que tem um contrato de fidelidade, quer dizer que ele é que acredita na fidelidade, a suposta amante pode até acreditar em relaçoes poliamorosas e nao fazer contratos de fidelidade com ninguem. Cada um forma uma relaçao como bem entende e deve ser coerente com aquilo que acredita.
      E´ele que esta a ser incoerente e desonesto.

      Eliminar
    10. Eu entendo o que o anónimo 5:44 quer dizer, de sim eu julgaria alguém que se envolvesse com uma outra pessoa sabendo que ela e comprometida.

      MAS neste caso, para a autora, é cagativo!

      Eliminar
    11. Anónimo 22:54

      Normal! Está lá escrito "msg de engate COM outra mulher" é nao "msg de engate de outra mulher"...

      Eliminar
  2. Com as redes sociais é o que mais há hoje em dia. E a meu ver, quem faz um tento faz um cento. Fizeste fotos ou prints da conversa? (Não vá ele apagar). Espero que sim e tem uma conversa com o senhor.

    ResponderEliminar
  3. Quem procura, encontra.
    Lamento que estejas a passar por isso. É sempre uma coisa horrível.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só encontra algo quando existe. Se não existisse não encontrava nada!

      Eliminar
    2. Anónimo das 13:11 isso é uma ilusão. Um dos meus melhores amigos sempre foi perito em trair a mulher e ela sempre desconfiou e procurou e... nunca encontrou. Depende de como se fazem as coisas. É bastante fácil não ser apanhado ;)

      Eliminar
    3. Anónimo das 13:27, parece que sente orgulho por o seu amigo ser bem sucedido em brincar com a vida da mulher...

      Eliminar
    4. Brincar com a vida da mulher?! Que dramática!! A mim, não me aquece nem me arrefece. Mas que ele é bem sucedido a fazê-lo, é!! Não é o unico ;)

      Eliminar
    5. Sim, é brincar com a vida da mulher. Sem falar de questões ameaçadoras para a saúde como as DST's (o HPV é transmissível mesmo com uso de preservativo), sentiria que alguém que me traiu durante anos tinha brincado com a minha vida. Não sei se já reparou que só temos uma vida. Eu quero passar a minha com quem me ame, respeite e seja fiel (e, claro, dou o mesmo em retorno). Ser traída durante anos (e, acredite, no fim descobre-se quase sempre), seria sentido como um desperdício de tempo, tempo que estive a investir numa relação que, afinal, não tinha os contornos acordados por ambos. Seria tempo que poderia ter dedicado ao meu crescimento pessoal e a uma relação com alguém que me respeitasse. É, de facto, dramático que se ache que natural roubar aquilo que temos de mais preciso -o tempo- a outra pessoa.

      Eliminar
    6. Mas o que o anónimo disse é que se não houver nada, não se encontra nada. No meu caso, bem podem procurar provas de traição que nunca irão encontrar visto que nunca traí.

      Eliminar
    7. Mas anónima das 17:08, olhos que não veem, coração que não sente. E no final das contas, a mulher nunca encontrou nada. É assim. Fazer o quê?! São mais do que aquilo que você imagina. E muitos conjuges exemplares ;)

      Eliminar
    8. Anónimo das 22:08. Fazer o quê? Não trair, não enganar a pessoa que confia em si. O seu amigo não deixa de ser um crápula por a mulher não ter (ainda) descoberto. Não imagino que são poucos, não tenho essa ilusão. Mas antes sozinha que correr o risco de alguém colocar em perigo a minha saúde e me desrespeitar de forma tão vil.

      Eliminar
    9. Anónimo 13:27

      O que você disse não importa nada para aquilo que eu disse.

      Eliminar
    10. Não é de admirar que existam um .ontem de velhinhas que descobrem ter hiv depois dos maridos morrerem.

      Uau, enganar o parceiro...que orgulho, entreguem uma medalha.

      Eliminar
  4. Duro, muito duro. Estive aí há pouco mais de um ano. Estávamos numa fase menos boa e tb descobri umas mensagens. Falámos muito, discutimos outro tanto e resolvemos voltar a tentar (até pq não tinha passado de mensagens, se tivesse havido envolvimento físico não sei como reagiria). Até ver resultou e estamos melhor do que antes. Mas não há soluções milagrosas e cada caso é um caso. Aconselho-a a falar com ele. Não se deixe atormentar por lhe ter mexido no tlm. Eu nunca o tinha feito até ao dia em que senti que algo não estava bem. Mexer no tlm de alguém é mau, muito mau mesmo. Mas trair a confiança que alguém depositou em nós é pior ainda. Se o seu marido perceber isso, é um bom começo. Se não, se preferir mostrar se ofendido pela invasão de privacidade, então talvez já pouco haja a fazer. Força e calma... Vêm lá tempos difíceis.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que clareza de pensamento. Parabéns, e espero que hoje estejam felizes e ambos a remar para o mesmo lado.

      Eliminar
    2. Conto de fadas, sim, estamos :-) E a atitude dele quando confrontado teve um papel muito forte na recuperação. Obrigada :-)

      Eliminar
  5. Já passei por isso. Sei bem o horror que é e a sensação com que ficamos quando nos tiram o chão. Mas, sabes, não é o fim do mundo. E, às vezes, é mesmo o melhor que nos pode acontecer.

    Que tenhas força e coragem para fazer o que for melhor para ti!

    ResponderEliminar
  6. Tem calma :(
    Conversa com ele...

    ResponderEliminar
  7. Acho que o mais importante é veres o tipo de resposta que ele deu.

    O meu marido já teve uma mulher a fazer-se a ele e a cada mensagem que recebia, mostrava. Fez isso para evitar mal entendidos no futuro.

    Vê que tipo de resposta ele lhe dá.

    ResponderEliminar
  8. Quem apronta uma não fica sem aprontar duas ou três. E quem acredita que eles mudam só se está a enganar a si próprio. Serem apanhados só os torna mais astutos. Nada mais.

    ResponderEliminar
  9. Se decidiu ir procurar algo é porque já desconfiava. Sem confiança não há relação!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelos vistos, desconfiava com razão, não? Sem confiança não há relação, mas sem respeito pelo compromisso que se assumiu também não. Se ela não fosse à procura, porque deveria existir confiança, continuaria enganada.

      Eliminar
    2. ai não? toda a gente desconfia....

      Eliminar
  10. Todos tão puritanos, mas ao mesmo tempo defendem o sexo livre, fora do casamento sendo solteiro / solteira, faz o que quiseres, mas........sociedade hipócrita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não se trata de ser puritano. Quem tem sexo com várias pessoas sendo solteiro, ou quem tem sexo antes do casamento com o/a namorado/a (mas isto ainda é uma questão?), não está a enganar ninguém. O que está errado não é o ato de ter sexo, é tê-lo com outras pessoas sem o consentimento da pessoa com quem se tem uma relação de exclusividade.

      Eliminar
    2. Anónimo 16:37

      Mas o que é que uma coisa tem a ver com a outra?! Wtf

      Eliminar
  11. Ao contrário do que se dizia num segredo anterior, o telemóvel também serva para enganar.

    NM

    ResponderEliminar