quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Segredo.09.17


3 comentários:

  1. Eu não perdi ninguém para essa doença, perdi a minha mãe para uma doença rara genética e de 1 ano para cá penso exatamente igual, tudo pode acabar de um momento para o outro por isso vamos aproveitar e viver cada momento!

    ResponderEliminar
  2. E eu passei a aproveitar mais a vida depois de ter cancro….E tem-me feito tão bem…

    ResponderEliminar
  3. Às vezes a vida dá-nos uns abanões! Depois de perder o meu pai, com 13 anos, também fiquei com a essa noção, que de um momento para o outro podemos já cá não estar, toca a aproveitar enquanto podemos ;)
    Um beijinho grande, porque perder uma amiga dói muito

    ResponderEliminar