quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Segredo.11.10


10 comentários:

  1. aparências não enchem barriga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enchem o ego frágil de quem quer parecer muito forte.
      Na verdade, estão muito longe de o ser...
      É tudo vazio, principalmente, a conta bancária.
      Se não fossem os papás...
      Eles também alimentam este teatro todo da/o "filhinha/filhinho bem sucedido lá no estrangeiro"...
      Conheço uma que nem consegue pagar a renda, os pais é que suportam essa despesa.
      Digam-me, é isto, ser-se independente?!
      Falhar fora do país não é derrota, certo?... Ninguém sabe.

      Eliminar
  2. Então não falhe mais ficando aí e volte para Portugal se esse é o seu verdadeiro desejo! Novas oportunidades surgem quando menos esperamos, mas também temos que dar espaço para que elas possam acontecer e nada melhor para isso do que um recomeço!

    ResponderEliminar
  3. Não és uma falhada por isso. Volta para Portugal terás apoio dos amigos com tosa a certeza e se dizes que ficar é um desperdício vem o quanto antes.

    ResponderEliminar
  4. Uma vez li uma frase de alguém que passou por dificuldades no estrangeiro que dizia mais ou menos assim: não devemos tomar decisões importantes em momentos difíceis..
    Tenta perceber se a tua opinião poderá a estar a ser influenciada por dificuldades temporárias.
    Há quanto tempo estás aí?
    Achas mesmo que nada irá mudar?
    De qualquer das formas, se chegares à conclusão que não queres isso para ti, vai embora.
    Não se trata de ser ou não falhada.
    Por vezes, para andar em frente, temos de dar alguns passos atrás.
    Faz aquilo que te fizer sentir bem, luta quando quiseres lutar e dá um passo atrás quando achares que o deves fazer. Não tomes as tuas decisões com medo do que os outros vão falar.
    Boa sorte.

    ResponderEliminar
  5. Ponha lá o Ego de lado, (porque se trata apensa disso, do seu Ego) e siga o seu caminho

    ResponderEliminar
  6. Falhada é quem vive de aparências. Viva a sua vida e faça por ser feliz. O que os outros pensam não interessa nada e enquanto estiver a pensar nisso é que vai falhar.

    ResponderEliminar
  7. Se já aproveitou para ao menos ser (mais) fluente numa nova língua, já pode dizer que ganhou alguma coisa

    ResponderEliminar
  8. Então vais viver falhada e infeliz todaa vida, só para não dares o braço a torcer, é isso? Olha sinceramente mais vale regressares e recomeçares aqui. Da tua vida e do teu bem estar sabes tu, a opinião dos outros pouco ou nada importa até porque sendo tu uma pessoa adulta não tens de te justificar perante meio mundo. É importante reconhecermos as nossas fragilidades, recomeçar sempre que for preciso... faz parte do crescimento, além de que é isso que nos conduz em última instância a uma vida mais plena e feliz. Deixa o ego de lado e faz o que o teu coração te pede, vais ver que compensa.

    ResponderEliminar
  9. Estás a viver em que país?
    Estou a viver também no estrangeiro há alguns anos já e há muitos dias maus, e quando assim é, só penso em voltar para casa. Obviamente que, não o farei para já, porque estou minimamente bem, mas tento sempre encontrar uma motivação geral, que é um dia, voltar para a minha casa, seja esse dia qual for.
    Se por acaso precisares de falar, estarei aqui.

    ResponderEliminar